Vinci Energia FIP IE (VIGT11): gestão, portfólio e rentabilidade

Gustavo Heldt

O fundo Vinci Energia FIP IE (VIGT11) é uma oportunidade para investidores qualificados com interesse em ativos do setor elétrico.

Ele investe em empresas de geração e transmissão elétrica que apresentam receita previsível, qualidade técnica, longevidade operacional e escala adequada.

O fundo está em sua segunda emissão de cotas na bolsa de valores e é indicado como investimento de longo prazo, com boa perspectiva de distribuição de dividendos. 

Ficou interessado em conhecer melhor o Vinci Energia FIP IE (VIGT11)?

Então, siga a leitura e decida se é um bom investimento para diversificar sua carteira.

Proposta do Vinci Energia FIP IE (VIGT11)

O Vinci Energia FIP IE é um fundo de investimentos em participações e infraestrutura direcionado a investidores qualificados (aqueles que possuem mais de R$ 1 milhão investido).

Ele faz parte da categoria de renda variável e tem o propósito de investir em ativos do setor elétrico nas áreas de transmissão, geração hidrelétrica e energia renovável (eólica e solar), dando preferência a empresas com receitas estáveis.

Por ser um FIP IE, o fundo mantém seu patrimônio alocado em ações de emissão de sociedades anônimas, de capital aberto ou fechado, que desenvolvem novos projetos de infraestrutura na área de energia. 

Suas cotas começaram a ser negociadas na B3 (Bolsa, Brasil, Balcão) em 4 de novembro de 2019, com o ticker VIGT11, quando foram captados mais de R$ 420 milhões no IPO. 

Em dezembro de 2020, o Vinci Energia FIP IE realizou sua segunda emissão de cotas na bolsa, com 4,4 milhões de novas cotas ao preço unitário de R$ 94,30 (liquidação da oferta em janeiro de 2021).

Gestão do Vinci Energia FIP IE (VIGT11)

O Vinci Energia FIP IE é gerenciado pela Vinci Partners, uma gestora independente com escritórios no Rio de Janeiro, em São Paulo e em Nova York.

Em 2020, a casa registrou R$ 46 bilhões sob gestão, contando os braços de asset management e wealth management, e 33 sócios no total.

O foco da empresa está nas estratégias de real state, private equity, crédito, ações e hedge funds.

No fundo Vinci Energia FIP IE, a taxa de administração é de 1,5% ao ano e o investimento mínimo é de R$ 26.121,10, ou o equivalente a 27 cotas (não há taxa de performance).

Veja outras informações relevantes sobre o produto:

  • Possui mais de 5.500 investidores
  • O volume médio de negociações é superior a R$ 1,5 milhão por dia
  • A demanda é de aproximadamente 2,1x a oferta base.

Estratégia do Vinci Energia FIP IE (VIGT11)

A estratégia do Vinci Energia FIP IE é direcionar os recursos para ativos de transmissão já operacionais, com receita contratada e altamente previsível.

No setor elétrico, o segmento de transmissão é o menos complexo e não requer altos volumes de investimentos como na geração e distribuição. 

Logo, a gestão prioriza investimentos em empresas com contratos de longo prazo, baixo risco de crédito, receitas ajustadas pela inflação e ativos de portes variados.

É importante ressaltar que o fundo não realiza o desenvolvimento de projetos greenfield e tem foco na estratégia de crescimento de portfólio através de aquisições.

Uma de suas táticas é adquirir ativos através de participações minoritárias ou de controle, permitindo o acesso a um universo de transações maior e menos competitivo.

Portfólio do Vinci Energia FIP IE

Desde seu IPO, o Vinci Energia FIP IE realizou três aquisições no total de R$ 301 milhões:

  • Arcoverde Transmissão de Energia SA (participação de 100%): empresa do nordeste com concessão de 139 km de linha de transmissão em 230 kV, conectando as Subestações Garanhus, Caetés e Arcoverde no Estado de Pernambuco
  • Lest (participação de 49,9%): empresa nordestina responsável pelas linhas de transmissão Paulo Afonso IV – Luiz Gonzaga C2 e Xingó – Jardim C2
  • TPAE (participação de 90,3%): empresa do Sul com concessão de 11 km de linha subterrânea, conectando as subestações no município de Porto Alegre.

Em janeiro de 2021, o fundo comunicou três novas aquisições:

  • Mangue Seco 1 (participação de 49%): empresa de energia eólica com quatro complexos em Guamaré, no Rio Grande do Norte, com capacidade instalada total de 104 MW
  • Mangue Seco 3 e 4 (participação de 100%): braços da Mangue Seco 1 com dois parques eólicos de 26 MW, formando o Complexo Mangue Seco. 

Segundo a gestora, a operação representa uma importante aquisição de ativos de geração de energia renovável, reforçando as práticas de sustentabilidade e as políticas de ESG da Vinci.

Além disso, o negócio é totalmente aderente à estratégia do Fundo de proporcionar um perfil de renda de longo prazo a seus investidores e diversificação de seu portfólio.

Rentabilidade do Vinci Energia FIP IE (VIGT11)

Desde que o Vinci Energia FIP IE foi lançado, a alta nas cotas foi de 7% (3,2% acima do Ibovespa). 

Em 2020, foram distribuídos R$ 7,50 por cota, cumprindo a meta de dividendos trimestrais proposta no IPO. 

Além disso, o fundo reportou um EBITDA acumulado de R$ 38,2 milhões das SPEs (Sociedades de Propósito Específico). 

Pelas suas características, o Vinci Energia FIP IE é indicado como investimento de longo prazo — o que torna a Taxa Interna de Retorno (TIR) mais importante do que apenas o yeld de curto prazo. 

Segundo uma análise da casa de análises Eleven, publicada em 2020, a expectativa de yeld para 2021 é de 9%, com retorno esperado de IPCA+6,2%. 

O cálculo foi feito com base na análise de cada classe de ativos, considerando um retorno entre IPCA+5,5%  e IPCA+6,5% para ativos de transmissão, IPCA+6% e IPCA+7,5% para ativos eólicos, e IPCA+6% e IPCA+7% para ativos de energia solar.

E então, gostou de conhecer melhor o Vinci Energia FIP IE (VIGT11)?Antes de aplicar seu dinheiro, continue navegando pelo blog e conheça outros fundos de investimento.

Conheça também:

Fundo BTG Agro Logística FII – BTAL11

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Gustavo Heldt

Gustavo Heldt

Gustavo Heldt é jornalista, especialista em investimentos, assessor e entusiasta de bons fundos e gestores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Envie suas dúvidas :)