Trópico SF2 Cash FIM: Gestão, Rentabilidade e Características

Gustavo Heldt

Interessado em conhecer o Trópico SF2 Cash FIM? Trata-se de um fundo multimercado que tem a proposta de servir de reserva de caixa para seus clientes. 

É aberto aos investidores em geral e visa a superar o CDI sem abrir mão da segurança.

Fundado em 2013, o fundo oferece boa liquidez e tem como característica não surpreender o cotista. 

O objetivo é ficar entre 105% e 110% do CDI, sem crédito de empresas privadas — apenas títulos públicos, títulos de bancos com bom rating e operações a termo de baixo risco.

Quer descobrir se esse investimento se alinha ao seu portfólio? Então continue a leitura e descubra mais sobre as características e estratégias do Trópico SF2 Cash FIM.

Como é o fundo Trópico SF2 Cash FIM

O fundo Trópico SF2 Cash FIM foi lançado no mercado em março de 2013.

É destinado a investidores que precisam de liquidez e buscam, ao mesmo tempo, retorno superior aos produtos tradicionais de caixa.

Em 2019, após um período de parceria, a gestora SF2 foi incorporada à Trópico Latin America Investments e o fundo veio junto. 

A política de investimento prevê a possibilidade de:

  • Operações compromissadas com títulos públicos
  • Títulos emitidos por instituições financeiras (com rating de no mínimo AA)
  • Letras Financeiras Subordinadas Novas (LFSN, com rating de no mínimo AAA)
  • DPGE’s (Depósito com Garantias Especiais) e operações de financiamento em bolsa sem risco direcional ou de volatilidade. 

Conforme a lâmina do mês de setembro de 2020, o patrimônio líquido do fundo era de R$ 209 milhões.

De acordo com o relatório que a gestora divulga semestralmente aos cotistas, a composição do portfólio do Trópico SF2 Cash FIM começou 2020 com 3% de

Letras Financeiras. 

“Tínhamos 15% de caixa e títulos públicos também no início do ano, chegamos a 25% no auge da crise e hoje estamos com 15% novamente”, diz a gestora no comunicado.

Gestão do fundo Trópico SF2 Cash FIM

O fundo tem como gestor Sérgio Machado, que era o responsável desde antes da incorporação à Trópico Investimentos.

Em entrevista ao canal Traders Club no Youtube, Machado afirma que a mudança de casa não alterou a estratégia de gestão do fundo.

“Esse é um fundo sem grandes surpresas. Na verdade, é um fundo que não pode dar grandes surpresas”, disse o gestor. 

“O meu compromisso é com o CDI. Independente de ser uma boa régua ou não, é a que toda a indústria usa. O fundo é tático. O que eu posso fazer é básico. Posso comprar papel de banco no mínimo AA e fazer operações estruturadas em bolsa”, resumiu Machado.

Ele disse ainda que, com a queda nas taxas de juros, a equipe precisou trabalhar mais para aumentar o ganho marginal do fundo, ao mesmo tempo em que reduziu custos.

O Trópico SF2 Cash FIM tem taxa de administração de 0,8% ao ano e taxa de performance de 20% sobre o que exceder o CDI, o índice de referência (benchmark).

A seguir, aproveite para analisar outras informações básicas sobre o fundo:

  • Prazo de resgate: (cotização: D+1, financeiro: D+2)
  • Sazonalidade de performance: semestral
  • Aplicação inicial: R$ 1 mil 
  • Aplicação adicional: R$ 1 mil
  • Resgate mínimo: R$ 1 mil 
  • Saldo mínimo: R$ 1 mil 
  • Horário para aplicação e resgate: até 14 horas
  • Tributação: tabela regressiva do Imposto de Renda.

Estratégia do fundo Trópico SF2 Cash FIM

O fundo Trópico SF2 Cash FIM tem uma estratégia voltada ao rebalanceamento tático da carteira, com foco no baixo risco. 

A exposição é sempre calibrada diante de variações nas percepções do mercado referentes ao risco de crédito dos ativos que o fundo observa.

Ao mesmo tempo, a gestão busca capturar a volatilidade nos momentos em que o mercado apresenta movimentos mais amplos, por meio de operações de financiamento em bolsa.

Conforme a gestora, são operações que não aumentam o risco de crédito (que continua sendo B3), nem o risco de preço (controlado pela própria estrutura da operação). 

O gestor Sérgio Machado, na entrevista concedida ao Traders Club, disse que os movimentos são sempre muito bem calculados.

“Quando a bolsa perde volatilidade, tenho de aumentar minha carteira de títulos. Quando ganha, eu diminuo. É isso que eu faço. A estratégia foi feita há cinco anos”, declarou.

Rentabilidade do fundo Trópico SF2 Cash FIM

O fundo Trópico SF2 Cash FIM tem como objetivo oferecer uma rentabilidade superior aos produtos oferecidos pelos bancos convencionais, com baixo risco de crédito e volatilidade.

Em seus relatórios, a gestora afirma que a meta é manter um retorno entre 105% e 110% do CDI

Para ajudar você a avaliar o desempenho do fundo e a capacidade do gestor de entregar resultados, listamos abaixo a rentabilidade histórica desde 2014:

  • 2014 (a partir de outubro): 2,8%
  • 2015: 14,2%
  • 2016: 14,8%
  • 2017: 10,6%
  • 2018: 6,2%
  • 2019: 6,5%

Em 2020, até o mês de setembro, o fundo apresentava um desempenho de 2,8%, performance que representava 123% do CDI no período.

E aí, o que achou do modelo de gestão e estratégia do fundo Trópico SF2 Cash FIM? Faz sentido para você?

Se gostou do artigo, compartilhe com seus amigos nas redes sociais. Aproveite para conhecer outros conteúdos gratuitos sobre investimentos em nosso blog.

Conheça também:

Trópico VEX FIM

Trópico Value FIA

Real Investor FIA

Trafalgar Royal Long Bias Latam FIC FIA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *