fbpx
INVESTIMENTO EM FUNDOS (400 x 200 px)

Seguro de vida ou investimento: qual a melhor opção para você?

Em dúvida se faz um seguro de vida ou investimento?

Se você chegou até aqui, posso presumir que está em busca de uma compreensão mais clara e aprofundada sobre as funções do seguro e dos investimentos na sua vida.

No complexo mundo das finanças pessoais, tomar decisões como essas é crucial para garantir a segurança financeira no longo prazo

A boa notícia é que você não precisa escolher um em detrimento do outro: ambos podem fazer parte da sua estratégia, desde que construída do jeito certo. 

Avance na leitura e entenda melhor.

Consultoria de investimentos

Seguro de vida ou investimento: qual caminho seguir?

A escolha entre seguro de vida ou investimento não precisa ser necessariamente a escolha de um e a renúncia de outro, como veremos em detalhes ao longo deste artigo. 

Ambos podem ser usados para garantir a segurança financeira sua e de sua família, embora cumpram papéis diferentes.

O seguro de vida tem como função fornecer um benefício financeiro ao beneficiário designado em caso de doenças graves, invalidez ou morte do titular.

O investimento, por outro lado, envolve a alocação de dinheiro em ativos e produtos financeiros com o propósito de aumentar o patrimônio ao longo do tempo.

Seguro de vida é investimento?

O seguro de vida é um instrumento de proteção criado para garantir um conforto financeiro ao segurado (você ou sua família), caso algum sinistro se materialize. 

Não é, portanto, um investimento no sentido tradicional, pois não visa retorno sobre o valor aportado ao longo do tempo, como os ativos de renda fixa ou variável.

Ao contratar um seguro de vida, você está “investindo” na tranquilidade sua e de sua família, mas não está fazendo um investimento financeiro.

Cabe mencionar que o seguro de vida é um tipo de produto bastante flexível e customizável, criado para atender às necessidades dos mais diferentes perfis de clientes.

Há um tipo de seguro resgatável que se parece parcialmente com um investimento, já que parte do prêmio volta para o cliente em algum momento do contrato.

Por que não fazer os dois?

A boa notícia é que você não precisa escolher entre seguro de vida ou investimento. 

Pode tranquilamente ter os dois dentro de uma estratégia financeira mais abrangente, considerando aspectos como eficiência tributária e sucessão patrimonial

Afinal, o seguro de vida oferece proteção imediata em circunstâncias imprevisíveis, enquanto os investimentos têm capacidade de multiplicar seu patrimônio ao longo do tempo.

Em caso de falecimento do titular, por exemplo, a indenização do seguro não entra em inventário e não tem cobrança de ITCMD, por não ser considerado herança. 

O recomendado, portanto, é você ter uma reserva de emergência, uma carteira diversificada focada no longo prazo e também um seguro de vida como mecanismo de proteção. 

Leia também: Índice de correção no seguro de vida: entenda o cálculo 

Como fazer o melhor investimento para o seu dinheiro?

Como vimos, não é preciso ficar em dúvida entre seguro de vida ou investimento se você pode perfeitamente ter os dois, cada um com uma missão específica dentro do seu plano de longo prazo.

Você pode fazer um seguro de vida que beneficie sua família após sua morte ou que garanta sua tranquilidade em caso de incapacidade para o trabalho, por exemplo. 

Trata-se de um produto altamente flexível.

Consultoria de investimentos para aproximar você de seus objetivos. Comece agora!

Quanto aos investimentos, estamos falando de um mundo de oportunidades, tanto em renda fixa quanto variável, no Brasil ou no exterior, que você pode escolher conforme suas necessidades e momento de vida.

As principais dúvidas, nesse caso, podem estar relacionadas a qual tipo de seguro contratar e quais tipos de investimentos fazer.

O primeiro passo nessa jornada é montar uma estratégia assertiva e criar um plano de investimento pensando no curto, médio e longo prazo que seja alinhado a seus objetivos, metas e perfil de risco. 

Trata-se de uma missão que exige pesquisa e compreensão acerca de quais classes de ativos se conectam com sua tese de investimento

Montar um portfólio estruturado tem seus desafios, mas você não precisa enfrentar tudo sozinho.

Nesse sentido, eu posso ajudar.

Nosso objetivo é dar o suporte em um plano sólido de investimentos, visando o máximo retorno e segurança.

Quer conhecer mais sobre o meu trabalho e descobrir como a consultoria de investimentos pode ajudar na construção e preservação do seu patrimônio?

Mande uma mensagem pelo WhatsApp e vamos conversar!

Consultoria de investimentos


Lembre-se: rentabilidade passada não é garantia de retorno futuro. O desempenho dos fundos é líquido de taxas, mas não de impostos. O conteúdo deste blog tem o objetivo de educação financeira. Não tome decisões baseadas unicamente neste ou em qualquer texto. Faça a lição de casa, estude, questione, investigue e dê valor ao seu dinheiro.

Picture of Gustavo Heldt

Gustavo Heldt

Consultor associado da TRAAD Wiser Investor. Especialista em Investimentos e Finanças.

Me segue lá no Instagram 🙂

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Envie suas dúvidas :)