fbpx
INVESTIMENTO EM FUNDOS (400 x 200 px)

Quanto rende 1 milhão no Tesouro Direto por ano e por mês em 2024?

Afinal, quanto rende 1 milhão no Tesouro Direto? Essa pergunta pode ser mais do que uma simples curiosidade. 

É sobre saber como o seu dinheiro pode trabalhar por você, protegendo e aumentando seu patrimônio ao longo do tempo. 

Neste texto, vamos abordar exatamente isso: o potencial de retorno do investimento de 1 milhão de reais no Tesouro Direto, tanto por mês quanto por ano. 

Além disso, vamos avaliar se o Tesouro Direto é o melhor caminho para quem tem esse valor para investir e o que o seu plano de investimento deve considerar.

Quer tomar decisões financeiras informadas? Continue lendo!

Consultoria de investimentos

Quanto rende 1 milhão no Tesouro Direto?

A aplicação de 1 milhão no Tesouro Direto rende, na média, algo entre 7% e 8% de rentabilidade líquida ao ano. 

Isso significa um ganho de cerca de R$ 70.000 a R$ 80.000 a cada 12 meses. 

Claro, é bom lembrar que esses números são aproximados. 

A rentabilidade varia bastante dependendo de qual título do Tesouro você escolhe e o tempo que planeja deixar seu dinheiro investido. 

Outro ponto importante é que essa conta não leva em consideração possíveis novos aportes ao longo do ano.

Ou seja, estamos falando do rendimento de um milhão de reais parado lá, fazendo seu trabalho.

Lembrando que o Tesouro Direto é um programa que permite o investimento em títulos públicos de forma segura. 

Ao investir no Tesouro Direto, você está emprestando dinheiro para o governo, que te devolve esse valor com juros depois de um certo tempo.

Agora, quanto exatamente o seu milhão pode render por mês ou por ano vai depender do tipo de título escolhido. 

Existem várias modalidades dentro do Tesouro Direto, cada uma com suas características, riscos e benefícios. 

Vamos entender como cada uma funciona e o que esperar em termos de rentabilidade.

Importante: todos os títulos abaixo tiveram seu investimento simulado no site oficial do Tesouro Direto

Quanto rende 1 milhão no Tesouro Selic?

O Tesouro Selic é um dos títulos públicos oferecidos pelo Tesouro Direto, sendo opção para quem busca segurança e liquidez. 

Ele é atrelado à taxa Selic, que é a taxa básica de juros da economia, o que significa que o seu rendimento varia conforme essa taxa muda.

A aplicação de 1 milhão no Tesouro Selic rende 7,19% ao ano no vencimento em 2027 e 7,23% ao ano no vencimento em 2029. 

Essa é a rentabilidade líquida, já com os impostos descontados. 

Em termos práticos, isso representa um ganho entre R$ 71.900 e R$ 72.300 a cada 12 meses, aproximadamente.

O mecanismo de rentabilidade do título é bastante direto: para o Tesouro Selic 2027, você terá a taxa Selic acrescida de 0,1016%, enquanto para o Tesouro Selic 2029, a adição é de 0,1493% sobre a Selic. 

Falando em números concretos, ao investir 1 milhão de reais no Tesouro Selic, você irá resgatar R$ 1.225.336,91 em 2027 ou R$ 1.409.639,30 em 2029, considerando a aplicação inicial e os rendimentos acumulados ao longo do período, sem considerar novos aportes. 

> Leia também: Como investir milhões e ver seu dinheiro crescer.

Consultoria de investimentos

Quanto rende 1 milhão no Tesouro Prefixado?

O Tesouro Prefixado é uma modalidade de investimento do Tesouro Direto que permite ao investidor saber exatamente quanto receberá no vencimento do título. 

Isso porque, como o próprio nome indica, a taxa de juros é definida no momento da compra, ou seja, é prefixada.

A aplicação de 1 milhão no Tesouro Prefixado rende 8,38% ao ano no vencimento em 2027 e 9,41% ao ano no vencimento em 2031. 

Importante destacar que essa é a rentabilidade líquida, já considerando a dedução de impostos. 

Em termos mais simples, isso se traduz em um ganho aproximado de R$ 83.800 a R$ 94.100 a cada 12 meses.

Para entender um pouco melhor, a rentabilidade bruta do Tesouro Prefixado 2027 é de 10,10% ao ano, enquanto para o Tesouro Prefixado 2031, essa taxa sobe para 10,87% ao ano. 

Esse percentual bruto é o que efetivamente o título promete na data de sua aquisição, antes da incidência de impostos.

No final das contas, ao investir 1 milhão de reais no Tesouro Prefixado, você irá resgatar R$ 1.250.153,51 em 2027 ou R$ 1.836.202,52 em 2031. 

Esses valores são o resultado do seu investimento inicial mais os juros acumulados ao longo do período, sem adicionar novos aportes ao montante inicial.

Quanto rende 1 milhão no IPCA+? 

O Tesouro IPCA+ é um tipo de título público que tem sua rentabilidade atrelada à inflação, mais uma taxa de juros fixa acordada no momento da compra. 

Isso significa que o investimento é corrigido pela variação do IPCA, garantindo o poder de compra do dinheiro ao longo do tempo, além de render uma taxa extra. 

Uma variante interessante deste título são os Tesouro IPCA+ com juros semestrais, que oferecem ao investidor a possibilidade de receber rendimentos a cada seis meses, ao invés de aguardar até o vencimento do título.

A aplicação de 1 milhão no Tesouro IPCA+ rende entre 7,77% e 8,47% ao ano, dependendo do tipo de título e do seu vencimento. 

Essa é a rentabilidade líquida, já com os impostos descontados. 

Em termos práticos, isso representa um ganho anual entre R$ 77.700 e R$ 84.700, aproximadamente. 

Mais uma vez, esses valores são estimativas e não consideram novos aportes ao longo do período.

Agora, vamos olhar mais de perto as opções disponíveis e suas respectivas rentabilidades:

  • Tesouro IPCA+ 2029: sua rentabilidade bruta considera o IPCA + 5,64%. A rentabilidade líquida anual estimada é de 7,77%, resultando em um valor de resgate de R$ 1.467.331,49 no vencimento
  • Tesouro IPCA+ 2035: este título oferece IPCA + 5,74% de rentabilidade bruta. A rentabilidade líquida anual estimada é de 8,29%, o que levaria a um valor de resgate de R$ 2.422.726,28
  • Tesouro IPCA+ 2045: apresenta uma rentabilidade bruta de IPCA + 5,85%. A rentabilidade líquida anual estimada é de 8,47%, resultando em um valor de resgate de R$ 5.558.912,93
  • Tesouro IPCA+ com juros semestrais 2035: a rentabilidade bruta considera IPCA + 5,73%. A rentabilidade líquida anual estimada é de 7,95%, com um valor de resgate de R$ 2.338.495,92
  • Tesouro IPCA+ com juros semestrais 2040: paga IPCA + 5,74% de rentabilidade bruta. A rentabilidade líquida anual estimada é de 8,00%, levando a um valor de resgate de R$ 3.523.476,77
  • Tesouro IPCA+ com juros semestrais 2055: tem rentabilidade bruta de IPCA + 5,79%. A rentabilidade líquida anual estimada é de 8,17%, resultando em um valor de resgate de R$ 11.458.277,14.

Consultoria de investimentos

Tesouro Direto é o melhor investimento de 1 milhão? 

Agora que você já sabe quanto rende 1 milhão no Tesouro Direto em seus diferentes títulos e modalidades, pode estar se perguntando: será que é a melhor opção disponível? 

Vamos comparar com outras alternativas de investimento tanto em renda fixa quanto variável.

Começando pela renda fixa, além do Tesouro Direto, temos CDBs, LCIs, LCAs e fundos de investimento. 

Cada um desses produtos tem suas particularidades. 

Por exemplo, LCIs e LCAs oferecem isenção de Imposto de Renda para pessoas físicas, o que pode resultar em uma rentabilidade líquida mais atrativa em alguns casos. 

Já os CDBs podem oferecer taxas competitivas, especialmente quando emitidos por bancos menores.

Segundo dados do site do Tesouro Direto, o título Tesouro Selic tem rentabilidade melhor que seus concorrentes na renda fixa, considerando o valor de resgate em 1º de março de 2027 para quem investe 1 milhão:

Tesouro SelicR$ 1.274.427,06
LCI/LCAR$ 1.193.640,37
PoupançaR$ 1.189.714,26
Fundo DIR$ 1.222.567,03
CDBR$ 1.216.722,61

Passando para a renda variável, temos ações, fundos imobiliários e ETFs

Essas opções geralmente oferecem um potencial de rentabilidade maior, mas com um risco também aumentado. 

Investir em ações ou fundos imobiliários pode trazer retornos significativos, especialmente se você souber escolher bem e tiver um bom timing de mercado. 

Contudo, a volatilidade é maior, e pode haver períodos de baixa ou até mesmo perdas.

Então, o Tesouro Direto é o melhor investimento para 1 milhão de reais? Depende do seu perfil de investidor, seus objetivos financeiros e sua tolerância ao risco. 

Se busca segurança e previsibilidade, o Tesouro Direto é uma escolha sólida. 

Por outro lado, se está disposto a assumir mais riscos em busca de retornos maiores, vale a pena explorar outras opções, especialmente na renda variável. 

A chave é diversificar, não colocando todos os ovos na mesma cesta.

> Leia também: Quanto rende 1 milhão na poupança em 2024?

Plano para quem tem 1 milhão para investir

Investir com planejamento é fundamental, especialmente quando se tem 1 milhão de reais para aplicar. 

Esse montante representa um bom patrimônio, que pode gerar grandes oportunidades se investido corretamente. 

No entanto, o grande universo dos investimentos pode ser complexo, e cada decisão deve ser tomada com cuidado para alinhar as escolhas com seus objetivos de longo prazo, perfil de risco e necessidades de liquidez.

Aqui entra a importância de contar com o suporte de um consultor de investimentos

Investir não é apenas sobre escolher produtos; é sobre estratégia, visão de longo prazo e adaptação

E um consultor de investimentos é o parceiro ideal para montar a sua carteira de investimentos

Ele não apenas ajuda a identificar as melhores oportunidades de investimento de acordo com seu perfil e objetivos, mas também oferece orientação constante sobre quando é o momento certo para comprar ou vender, além de atualizar o plano de investimento conforme as mudanças no cenário econômico e nas suas metas pessoais.

Ter alguém com conhecimento e experiência ao seu lado pode fazer toda a diferença, garantindo que seu milhão não só seja preservado, mas cresça de forma saudável. 

Consultoria de investimentos para aproximar você de seus objetivos. Comece agora!

Quer conhecer mais sobre o meu trabalho e descobrir como a consultoria de investimentos pode ajudar na construção e preservação do seu patrimônio?

Mande uma mensagem pelo WhatsApp e vamos conversar!

Consultoria de investimentos


Lembre-se: rentabilidade passada não é garantia de retorno futuro. O desempenho dos fundos é líquido de taxas, mas não de impostos. O conteúdo deste blog tem o objetivo de educação financeira. Não tome decisões baseadas unicamente neste ou em qualquer texto. Faça a lição de casa, estude, questione, investigue e dê valor ao seu dinheiro.

Picture of Gustavo Heldt

Gustavo Heldt

Consultor associado da TRAAD Wiser Investor. Especialista em Investimentos e Finanças.

Me segue lá no Instagram 🙂

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Envie suas dúvidas :)