Posso perder dinheiro em fundos de investimento? Tire suas dúvidas

Gustavo Heldt

“Posso perder dinheiro em fundos de investimento?” Essa é uma dúvida comum de quem está começando a investir.

Na verdade, você pode, sim, perder dinheiro em fundos — e de diferentes formas.

Mas, antes de se assustar, é bom entender como funciona esse investimento e como se preparar para proteger e multiplicar seu patrimônio deixando o capital sob gestão dos melhores profissionais do mercado.

Interessado? Siga a leitura.

Como posso perder dinheiro em fundos de investimento?

É simples. Os fundos de investimento são veículos que aplicam recursos em diferentes ativos e não prometem ou oferecem uma rentabilidade predefinida.

Assim, o seu desempenho é medido pela variação das suas cotas, que se valorizam ou desvalorizam de acordo com as aplicações.

Até mesmo em fundos de renda fixa, você pode perder dinheiro.

Em fundos de crédito privado, pode haver a quebra de um emissor de título, por exemplo, e em fundos com títulos atrelados à inflação, pode haver uma marcação a mercado negativa nos títulos.

Essas duas hipóteses são apenas exemplos que mostram que você pode perder dinheiro até em fundos de investimento em renda fixa.

Em fundos que investem em renda variável, essa lógica se torna ainda mais óbvia, não é mesmo?

Agora, algumas dicas para levar em consideração antes de investir em fundos.

Como PERDER dinheiro em fundos de investimento

Se você seguir estas “dicas”, vai perder dinheiro em fundos de investimento:

Não saber lidar com a volatilidade dos fundos

A volatilidade é a oscilação de preço de mercado de um ativo, em um intervalo determinado de tempo.

Um papel muito volátil tem seu valor alterado de forma mais frequente e mais intensa do que um ativo menos volátil.

Para entender isso na prática, basta investir em ações ou fundos de ações.

Em um único dia, o preço do papel ou da cota do fundo pode cair 3% ou subir 4%, por exemplo.

Esse é um sinal de volatilidade muito maior do que costuma ter um fundo de renda fixa pós-fixado.

Imagine, portanto, que você invista no fundo de ações em um dia, perceba uma desvalorização grande e então resolva resgatar com medo.

Pronto, você acaba de perder dinheiro em um fundo de investimento.

Dessa forma, é importante compreender o que significa a volatilidade e como lidar com ela.

Acredite: muita gente não quer chegar nem perto de investimentos voláteis. E isso pode até ser perfeitamente aceitável um país de juros historicamente altos como o Brasil.

Mas a verdade é que a volatilidade traz oportunidades e, no longo prazo, bons investimentos em renda variável tendem a oferecer retornos melhores do que a renda fixa pós-fixada e nada volátil.

Investir em um único fundo de investimento

Uma outra maneira de perder dinheiro em fundos de investimento é concentrar suas aplicações em um único fundo, um único gestor ou uma única estratégia.

Mesmo que o fundo possa investir em diferentes ativos e seja um veículo “diversificado” para os seus recursos, ele se concentra em uma estratégia específica definida em seu regulamento.

Por exemplo: mesmo que um fundo de investimento em ações tenha mais de 15 papéis em sua carteira, você não tem um portfólio realmente diversificado só com um fundo de ações.

Por isso, vale salientar a importância da diversificação de riscos e estratégias e da composição de um portfólio de investimentos completo.

O erro de muita gente é se perguntar qual é o “melhor” investimento, em vez de observar seu portfólio como um todo.

Esperar ganhos a curto prazo

A elaboração de uma carteira de investimentos deve levar em consideração diferentes prazos e objetivos.

Mas o objetivo dela, o verdadeiro horizonte, é longo, mesmo que contenha alguns investimentos de curto e médio prazo.

Por isso, se você ainda não tem uma carteira devidamente estruturada em diferentes prazos e liquidez, é bom dar um passo atrás antes de se perguntar se é possível perder dinheiro em fundos de investimento.

Nesse caso, de falta de planejamento, é possível perder MUITO dinheiro em qualquer tipo de investimento.

Além dessa perspectiva de longo prazo para a carteira, vale ressaltar que as tabela de Imposto de Renda e de IOF são regressivas para fundos de renda fixa e multimercado.

Como já explicamos, resgatar o dinheiro antes do vencimento significa deixar de aproveitar os seus rendimentos e ainda pagar mais impostos.

Ou seja, sem planejamento, você pode perder dinheiro em diversos sentidos: resgatando em um momento de cota negativa, pagando mais imposto do que deveria e ficando refém de um único mercado quando deveria estar exposto a diferentes riscos e estratégias.

Investir em fundos de prazo determinado sem estudá-los antes

Existem fundos de investimento em participações com prazos predeterminados, como 10 anos.

Nesse caso, pode não haver negociação ou liquidez no mercado secundário para você resgatar o investimento antes do término e, assim, a possibilidade de perder dinheiro é bem maior.

Como NÃO perder dinheiro em fundos de investimento

Agora, sabendo os principais erros que podem levar você a perder dinheiro em fundos de investimento, fique atento às dicas para fazer o seu patrimônio crescer com esse tipo de aplicação.

Tenha um assessor de confiança

É essencial ler tudo que for possível sobre investimentos e caminhar forte nessa jornada de descoberta dos investimentos, mas você vai ver que esse universo complexo se beneficia da parceria com bons profissionais do mercado.

Por isso, tenha um assessor ou consultor de confiança.

Ele vai ajudar a tirar dúvidas, indicar produtos e soluções mais adequadas para o seu perfil e organizar o seu portfólio com base nas suas indicações e premissas.

E com ele, vai ficar mais fácil compreender os fundos nos quais você deseja investir.

Aos poucos, você vai perceber que são tantas opções, que fica difícil saber qual o melhor caminho a seguir.

Investigue a gestora e a gestão

Antes de escolher um fundo de investimento, faça o dever de casa:

  • Assista lives e entrevistas com o gestor
  • Examine a lâmina mensal com o histórico do fundo
  • Leia cartas do gestor e relatórios da gestora
  • Examine o histórico do fundo em momentos de estresse do mercado
  • Compare o desempenho do fundo com seus pares em diferentes janelas temporais.

Evite considerar apenas a rentabilidade como critério de escolha

Para não perder dinheiro com fundos de investimento, evite ficar refém de apenas um fator.

A rentabilidade do fundo é um aspecto muito importante nessa escolha, mas não pode ser o único.

Você precisa entender qual foi a estratégia utilizada e os riscos incorridos para atingir aquele retorno que chamou a sua atenção.

Muitas vezes, os fundos se alavancam, tomam posições bastante agressivas, se beneficiam em janelas temporais curtas e depois “entregam” todo o retorno em maus momentos do mercado.

Busque diversificar estratégias

Para construir sua carteira, explore alternativas com baixa correlação, com correlação negativa e com estratégias complementares, separando os fundos de investimento em diferentes camadas e caixinhas.

Um portfólio básico pode ter as seguintes divisões, por exemplo:

  • Reserva de emergência
  • Renda fixa pós-fixada
  • Renda fixa atrelada à inflação
  • Multimercado macro
  • Multimercados descorrelacionados
  • Ações long only e long biased
  • Proteções
  • Renda mensal.

Se você construir adequadamente o seu portfólio, respeitando prazos, nível de volatilidade e liquidez, vai ser quase impossível perder dinheiro com fundos de investimento.

Fuja do comportamento de manada

A maioria dos investidores observa apenas os últimos 12 meses dos fundos e escolhe aqueles que mais renderam no período.

Ou, cegamente, confia naquele gestor que mais aparece em lives, redes sociais e programas de investimentos.

Mas essa é uma maneira excelente de perder dinheiro com fundos de investimentos.

Por isso, desenhe o seu plano antes de investir em fundos.

Aonde você quer chegar?

Faça essa pergunta para cada novo fundo investido e, principalmente, para a sua carteira de fundos de investimentos como um todo.

Assessoria de investimentos para evitar perder dinheiro com fundos

Como você viu, esse universo dos fundos de investimento é bastante denso e complexo.

Este não é um convite para você abandoná-lo ou delegar completamente a função para um profissional, mas para você contar com assessores aliados ao longo da sua jornada.

Meu nome é Gustavo Heldt, sou assessor de investimentos e head de Fundos na DOC Investimentos, um escritório vinculado ao BTG Pactual.

Trabalho com educação financeira desde 2014 em diferentes projetos de conteúdo e busco, com este blog, trazer o universo dos fundos para mais perto dos investidores.

Se você quiser ajuda para investir melhor, entre em contato 🙂

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Gustavo Heldt

Gustavo Heldt

Gustavo Heldt é jornalista, especialista em investimentos, assessor e entusiasta de bons fundos e gestores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Envie suas dúvidas :)