fbpx
INVESTIMENTO EM FUNDOS (400 x 200 px)

Onde investir 2 milhões de reais e atingir seus objetivos em 2024 (+ Vídeo)

Quer descobrir onde investir 2 milhões de reais, mas não sabe como começar a sua pesquisa?

Bem-vindo!

Por aqui, vou dar algumas dicas que podem servir de primeiro esboço para o seu roteiro de investimentos.

Lembre-se: nada do que você ler neste post é uma recomendação direta de investimento, e sim um convite à educação financeira.

Acredito que você esteja dando apenas o primeiro passo para investir com qualidade e discernimento e começar a montar sua carteira de 2 milhões de reais.

Preparado para a leitura? Vamos lá!

Consultoria de investimentos

Onde investir 2 milhões de reais?

Para descobrir onde investir 2 milhões de reais, você precisa estabelecer um roteiro com etapas, como as exemplificadas a seguir:

  1. Faça uma reserva de emergência
  2. Busque um profissional de finanças para ajudá-lo (assessor ou consultor de investimentos)
  3. Crie um plano para sua carteira de investimentos
  4. Avalie as opções de renda fixa e variável
  5. Faça os aportes
  6. Rebalanceie a carteira periodicamente.

Esse é um resumo dos passos que você pode seguir. 

Mas há diversos detalhes em cada um deles que você precisa compreender e analisar antes de decidir onde investir 2 milhões de reais.

Ah, que tal conferir este vídeo que gravei há pouquinho?? Eu falo bastante, mas acho que ficou bem didático. Depois me conta o que achou!

> Leia também: Como investir milhões e ver seu dinheiro crescer.

Por onde começar a investir 2 milhões de reais?

Com 2 milhões de reais para investir, você consegue montar uma carteira eficiente e diversificada, com ativos de renda fixa e variável, tanto no Brasil quanto no exterior

Você pode acessar, inclusive, investimentos restritos a investidores qualificados, aqueles com mais de R$ 1 milhão aplicados ou alguma qualificação técnica reconhecida pela CVM.  

Mas vamos começar do início. 

Perfil de investidor

Antes de decidir onde investir 2 milhões de reais, você precisa descobrir qual seu perfil de investidor. 

As corretoras fazem um teste que divide os investidores em três categorias:

  • Conservador: que investe majoritariamente em renda fixa e prioriza a preservação do patrimônio
  • Moderado: além da renda fixa, investe um pouco em renda variável em busca de melhores retornos
  • Arrojado: tem exposição maior à renda variável em busca de retornos acima da média, mesmo que seja necessário correr um risco maior. 

As categorias de suitability ajudam você a se situar diante das infindáveis opções do mercado financeiro, mas não precisa ficar preso a elas.

Objetivos e metas

O passo seguinte é estabelecer seus objetivos e metas. Afinal, o que você espera com um investimento de 2 milhões de reais?

Fazer o patrimônio crescer?

Gerar renda mensal?

Tirar um ano sabático?

Ao rascunhar o que você pretende com o investimento, fica mais fácil determinar quais classes de ativos fazem mais sentido para a composição da carteira.

Tese de investimentos

A tese de investimentos é a referência que norteará sua decisão sobre onde investir 2 milhões de reais. 

Luiz Barsi, por exemplo, só investe em ações boas pagadoras de dividendos

Sua tese de investimento é baseada na renda

Um investidor que queira multiplicar seu capital, por outro lado, deve buscar ações de empresas com alta probabilidade de crescimento ou outros ativos que remunerem acima da média.

Consultoria de investimentos

Como investir 2 milhões de reais (VÍDEO)

Preparei também um conteúdo em vídeo com mais dicas, além destas que você está lendo agora.

Dê o play abaixo:

Onde investir 2 milhões de reais na prática

A seguir, vou delinear um exemplo hipotético de onde investir 2 milhões de reais. 

Mas lembre-se: este é um exercício de educação financeira, não uma recomendação de investimento.

1. Reserva de emergência (e de oportunidade)

A reserva de emergência deve ser a primeira preocupação de todo investidor. Trata-se de uma “caixinha” para os momentos inoportunos. 

O ideal é que você reserve de 6 a 12 vezes o seu custo de vida mensal em produtos seguros e resgatáveis a qualquer momento. 

Você pode usar para essa finalidade um fundo Tesouro Selic taxa zero, CBDs de liquidez diária que paguem pelo menos 100% do CDI, LFTs, dentre outros ativos. 

Além da reserva de emergência, você pode criar também uma reserva de oportunidade para aproveitar os bons momentos de compra do mercado. 

Algumas opções são: fundos de hedge, fundos de renda fixa, dentre outros (desde que tenham liquidez).

2. Renda fixa

Todo portfólio, mesmo os mais arrojados, precisa ter renda fixa. Ainda mais com as taxas de juros caminhando para os dois dígitos. 

Além do mais, a renda fixa representa a parte segura da carteira, principalmente nos momentos de instabilidade.

Algumas opções são:

  • Fundos de renda fixa: fundos de debêntures isentas de IR, de crédito privado, fundos de direitos creditórios, dentre outros
  • Títulos de renda fixa: Tesouro Direto, CDBs, LCIs, LCAs, CRIs, CRAs, debêntures, dentre outros. 

Atenção às condições de remuneração (pré-fixada, pós-fixada) e liquidez dos ativos. Alguns títulos só podem ser resgatados no vencimento. 

Observe também as garantias. Títulos bancários têm a proteção do FGC. Crédito privado, por outro lado, não tem.

> Leia também: Onde investir 3 milhões de reais: carteira e dicas.

3. Fundos multimercados

Os fundos multimercados são um meio termo entre a renda fixa e a variável

Existem diferentes tipos de fundos, que usam os mais diversos artifícios, dedicados a diferentes perfis de investidor.

No geral, os fundos multimercados buscam bater o CDI em qualquer cenário. 

Antes de escolher, avalie o histórico e a reputação do gestor.

Algumas casas são boas nesses tipos de fundos, como: Verde, Vista, Vinland, Absolute, dentre outras. 

4. Fundos de ações

Para investir 2 milhões de reais com eficiência, você precisa ter ações no portfólio.

O mercado acionário pode turbinar a composição de uma carteira, trazendo ganhos acima da média, principalmente no longo prazo.

Como você sabe, o mercado de ações é volátil e analisar os fundamentos de uma empresa não é tarefa fácil. 

Uma opção viável, nesse caso, são os fundos de ações (fundos long only ou long biased), que podem ser especializados em small caps, dividendos, ações de valor, etc.

5. Fundos internacionais

Com 2 milhões de reais para investir, você tem condições de diversificar sua carteira também internacionalmente, suavizando o risco Brasil

Como investidor qualificado, você tem acesso a fundos internacionais de gestoras globais renomadas.

Algumas opções são:

  • Fundos de ações globais
  • Fundos de crédito privado globais
  • Fundos long biased e long & short globais.

Importante ressaltar que o dólar tem correlação negativa com a bolsa brasileira, ou seja, caminham em direções opostas. 

Logo, o investimento internacional dolarizado também funciona como um hedge natural para uma carteira de ações brasileiras. 

Onde investir 2 milhões de reais (renda passiva)

Se você quer dinheiro na conta, também é possível estruturar uma carteira com ativos de renda fixa e variável que geram renda.

Os principais são:

  1. Fundos de investimento imobiliário (FIIs): negociados em bolsa, os fundos imobiliários geralmente pagam rendimentos todos os meses isentos de Imposto de Renda para pessoa física. Considerando um yield médio do Ifix de 9% ao ano, 2 milhões de reais geraria uma renda mensal de R$ 15 mil.
  2. Ações boas pagadoras de dividendos: empresas dos setores elétrico, bancário, de seguros e saneamento também costumam ser boas pagadoras de dividendos. Considerando o dividend yield de 8%, e renda seria em torno de R$ 13,3 ao mês.
  3. Tesouro Direto com juros semestrais: você pode compor uma carteira de renda também com Tesouro Direto prefixado ou atrelado ao IPCA com juros semestrais. Em novembro de 2021, um Tesouro IPCA+ para 2030 com juros semestrais pagava em torno de 5% ao ano (além da variação da inflação). Já um título prefixado com cupom, cerca de 11,5% ao ano.
  4. Fundos fechados de infraestrutura: uma novidade no mercado, esse tipo de fundo oferece retorno mensal ou períodico, isento de Imposto de Renda (tanto no rendimento mensal quanto no ganho de capital).

Consultoria de investimentos para aproximar você de seus objetivos. Comece agora!

Gostou das ideias para montar sua carteira e aprender onde investir 2 milhões de reais?

Entre em contato diretamente comigo caso tenha ficado com alguma dúvida 🙂

Quer conhecer mais sobre o meu trabalho e descobrir como a consultoria de investimentos pode ajudar na construção e preservação do seu patrimônio?

Mande uma mensagem pelo WhatsApp e vamos conversar!

Consultoria de investimentos


Lembre-se: rentabilidade passada não é garantia de retorno futuro. O desempenho dos fundos é líquido de taxas, mas não de impostos. O conteúdo deste blog tem o objetivo de educação financeira. Não tome decisões baseadas unicamente neste ou em qualquer texto. Faça a lição de casa, estude, questione, investigue e dê valor ao seu dinheiro.

Picture of Gustavo Heldt

Gustavo Heldt

Consultor associado da TRAAD Wiser Investor. Especialista em Investimentos e Finanças.

Me segue lá no Instagram 🙂

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Envie suas dúvidas :)