fbpx
INVESTIMENTO EM FUNDOS (400 x 200 px)

O que é hedge fund, como funciona e quais as vantagens em investir

Você sabe o que é hedge fund e quais são as vantagens em investir nesse tipo de fundo?

Basicamente, são fundos de investimentos alternativos classificados no Brasil como multimercados, com grande liberdade de alocação de recursos.

O diferencial dessa categoria é a estratégia complexa de busca por rentabilidade superior à média com renda variável ao mesmo tempo em que dilui os riscos pela sua diversificação de ativos e suas proteções (hedge).

A seguir, você vai entender melhor o que e hedge fund e descobrir se vale a pena investir.

Consultoria de investimentos

O que é hedge fund?

Explicar o que é hedge fund é simples: trata-se de um fundo de investimento que busca ganhos acima da média com a utilização de diferentes instrumentos e estratégias para maximizar retornos e defender patrimônio em cenários de instabilidade.

Por tradução, hedge fund significa fundo de cobertura ou fundo de proteção, conhecido também como “fundo de hedge”.

Apesar de a palavra “hedge” sugerir proteção, muitos desses fundos são de alto risco ou pelo menos de alta volatilidade.

Afinal, podem utilizar estratégias arrojadas, já que o gestor tem liberdade para investir em diferentes classes de ativos em diferentes geografias.

Como funciona um hedge fund?

Para entender o que é hedge fund, vale a pena lembrar que esse conceito remete a grandes fundos de gestores lendários, como George Soros e Ray Dalio.

Visando performar bem em qualquer cenário, os gestores desses fundos lidam com volumes altos de dinheiro, atuam em diferentes mercados, se expõem a riscos variados, buscando proteção e maximização do capital.

No Brasil, não há oficialmente um hedge fund.

Segundo a regulação local, o mais próximo disso seria um fundo multimercado macro.

Com liberdade para investir nos mais variados setores, esse tipo de fundo busca retorno por meio de múltiplas estratégias, incluindo operações com ações, curvas de juros, aplicação em títulos privados, opções, swaps, arbitragem de commodities, entre outras.

Devido à complexidade das operações, a taxa de administração costuma ser mais alta em relação aos demais fundos e em geral há também a taxa de performance, cobrada sobre a rentabilidade que excede o benchmark.

Principais características dos hedge funds

Os hedge funds tradicionais, nos moldes dos existentes nos Estados Unidos, não existem no nosso país — pelo menos não formalmente.

Apesar disso, os fundos multimercado macros, dependendo da sua política de investimento, podem reivindicar o título de hedge fund.

Em ambos os casos, as características dessa classe de ativos são: 

  • Liberdade de investimento e alocação de recursos pela gestão
  • Foco em aplicações arrojadas de renda variável
  • Baixa correlação com mercados tradicionais
  • Gestores altamente experientes e especializados
  • Pouca divulgação de informações
  • Resultados publicados de acordo com as regras do próprio fundo
  • Alto grau de patrimônio líquido e volume de operações
  • Cobrança de altas taxas de administração e performance
  • Acesso para investidores qualificados de alta renda.

> Leia também: Melhores Fundos de Investimento no Exterior (Sem Sair do Brasil)

Hedge fund vale a pena?

O investimento em hedge fund deve ser sustentado por alguns elementos essenciais, como perfil do investidor e seus objetivos, desde que dentro de uma lógica de portfólio.

Qual a função de um hedge fund na sua carteira?

Como vimos, são fundos que adotam estratégias agressivas, o que pode trazer retornos robustos, mas também alta volatilidade.

A seguir, veremos as vantagens e desvantagens de se expor a um investimento desse tipo.

Vantagens

São muitas as vantagens, conforme resumimos na lista abaixo:

  • Flexibilidade estratégica: os fundos de hedge podem adotar diferentes estratégias de investimento, incluindo long/short, arbitragem, alavancagem e investimentos em mercados globais
  • Alto potencial de retorno: devido à capacidade de alavancagem e estratégias competitivas, os hedge funds têm o potencial de gerar retornos significativamente mais altos do que investimentos tradicionais
  • Estratégias de proteção: embora não seja uma regra, muitos desses fundos adotam instrumentos de hedge como forma de reduzir o risco da carteira
  • Acesso a investimentos exclusivos: alguns hedge funds investem em ativos ou mercados que não são acessíveis a investidores individuais.

Desvantagens

Apesar das vantagens, é importante reconhecer que os hedge funds também estão submetidos a riscos que precisam ser considerados pelo investidor. 

Não são exatamente desvantagens, mas pontos de atenção.

Os principais são:

  • Relação risco-retorno: não existe almoço grátis. Se um hedge fund busca bater o mercado por meio de estratégias complexas, tenha em mente que os riscos também são elevados
  • Altas taxas: como a gestão dá muito trabalho, os hedge funds também cobram taxas relativamente mais altas do que os fundos convencionais
  • Exclusividade e requisitos de investimento mínimo: outro detalhe que vale atenção é quanto às barreiras de entrada, como investimento mínimo elevado ou restrição a investidor qualificado.
Consultoria de investimentos

Como investir em hedge funds?

Você pode investir tanto nos hedge funds internacionais quanto nos fundos brasileiros do tipo multimercado macro que replicam esse tipo de estratégia.

Caso opte pela segunda alternativa (fundos brasileiros), precisa ter conta em uma corretora de valores ou banco de investimentos que ofereça o produto do seu interesse.

Vale ressaltar que nem todos os fundos são oferecidos por todas as instituições financeiras.

Caso queira investir em hedge funds internacionais de gestores renomados, você tem dois caminhos:

  • Acessar os fundos internacionais “importados” por meio instituições brasileiras (no BTG Pactual, você encontra fundos dos melhores gestores do mundo, com ou sem proteção cambial)
  • Acessar os fundos diretamente por uma corretora estrangeira, o que implica abrir conta de investimento no exterior, expatriar recursos e lidar com a burocracia tributária.

Quanto ao passo a passo para investir nos produtos em si, essa é a parte fácil.

Basta acessar a conta, escolher o hedge fund de sua preferência, fazer o aporte e aguardar o prazo de liquidação. 

Tudo bastante intuitivo e simples de fazer.

Consultoria de investimentos para aproximar você de seus objetivos. Comece agora!

Alternativas de investimento ao hedge fund

Investir em fundos é uma maneira prática de terceirizar a gestão do seu patrimônio e ter acesso à expertise de um gestor profissional.

Considerando os hedge funds estrangeiros, no Brasil algumas alternativas que você pode considerar são:

Vale ressaltar, no entanto, que essa é apenas uma de várias outras classes de ativos que você pode considerar dentro de um plano de investimento de longo prazo.

Se a sua intenção é investir com segurança e rentabilidade, mas está em dúvida sobre como começar, conte comigo.

Saiba mais sobre o meu trabalho e descubra como a consultoria de investimentos pode ajudar na construção e preservação do seu patrimônio.

Mande uma mensagem pelo WhatsApp e vamos conversar!

Consultoria de investimentos


Lembre-se: rentabilidade passada não é garantia de retorno futuro. O desempenho dos fundos é líquido de taxas, mas não de impostos. O conteúdo deste blog tem o objetivo de educação financeira. Não tome decisões baseadas unicamente neste ou em qualquer texto. Faça a lição de casa, estude, questione, investigue e dê valor ao seu dinheiro.

Gustavo Heldt

Gustavo Heldt

Consultor associado da TRAAD Wiser Investor. Especialista em Investimentos e Finanças.

Me segue lá no Instagram 🙂

3 Thoughts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Envie suas dúvidas :)