O que é hedge fund e quais as vantagens em investir

Gustavo Heldt

Você sabe o que é hedge fund e quais são as vantagens em investir nesse tipo de fundo?

Basicamente, são fundos de investimentos alternativos classificados no Brasil como multimercados, com grande liberdade de alocação de recursos.

O diferencial dessa categoria é a estratégia complexa de busca por rentabilidade superior à média com renda variável ao mesmo tempo em que dilui os riscos pela sua diversificação de ativos e suas proteções (hedge).

A seguir, você vai entender melhor o que e hedge fund e descobrir se vale a pena investir.

O que é hedge fund?

Explicar o que é hedge fund é simples: um fundo de investimento multimercado que busca ganhos acima da média com a utilização de diferentes instrumentos e estratégias para maximizar retornos e defender patrimônio em cenários de instabilidade. 

O termo pode ser traduzido para fundo de cobertura ou fundo de proteção, mas também é comum o uso de “fundo de hedge” no mercado financeiro.

Apesar de a palavra “hedge” sugerir proteção, muitos fundos dessa categoria são de alto risco ou, pelo menos, alta volatilidade. 

Isso porque eles podem utilizar estratégias mais arrojadas do que as dos fundos tradicionais, já que há grande liberdade para investir em diferentes classes de ativos. 

A própria denominação “multimercado” diz respeito à versatilidade do hedge fund, que busca obter uma rentabilidade superior à média do mercado diversificando as aplicações. 

Objetivos do hedge fund

Para entender o que é hedge fund, vale a pena lembrar que esse termo remete a grandes fundos de gestores lendários, como George Soros e Ray Dalio.

Esses hedge funds lidam com volumes gigantescos de dinheiro, atuam em diferentes mercados, se expõem a riscos variados e tentam proteger e maximizar o capital dos seus investidores.

No Brasil, não há oficialmente um tipo de fundo chamado hedge fund. Segundo a regulação do nosso país, o mais próximo dele seria um fundo multimercado, com alta liberdade de atuação e gestão bastante ativa.

Com a liberdade para investir nos mais diversos ativos, esse tipo de fundo consegue alcançar uma diversificação considerável, incluindo operações com ações, aplicação em títulos privados, opções, swaps, arbitragem de commodities, entre outros.

Dessa forma, é possível diluir os riscos e conseguir retornos maiores, mas a gestão também se torna muito mais complexa. Por isso, nesse tipo de fundo, costuma haver taxa de administração (sobre o patrimônio total) e performance (sobre a rentabilidade que excede um benchmark, como IPCA + 5%).

Diferenciais do hedge fund

O hedge fund tradicional nos moldes dos grandes dos Estados Unidos não existe no Brasil. Estas seriam algumas de suas características:

  • Liberdade de investimento e alocação de recursos pela gestão
  • Foco em aplicações arrojadas de renda variável
  • Baixa correlação com mercados tradicionais
  • Gestores altamente experientes e especializados
  • Pouca divulgação de informações
  • Pouco controle por agências reguladoras
  • Resultados publicados de acordo com as regras do próprio fundo
  • Alto grau de patrimônio líquido e volume de operações
  • Cobrança de altas taxas de administração e performance
  • Acesso para investidores qualificados de alta renda.

Vantagens de investir em hedge fund

Agora que você sabe o que é hedge fund, precisa analisar se esse tipo de fundo de investimento é compatível com seu perfil de investidor e objetivos.

A principal vantagem é conseguir diversificar o portfólio com possibilidade de retornos acima da média do mercado.

Além disso, os fundos de hedge oferecem proteção contra quedas do mercado pela alta diversificação de ativos. 

No entanto, a contrapartida é o maior risco envolvido nas operações e caráter mais restrito desse tipo de fundo, que pode se restringir apenas a investidores qualificados em alguns casos.

A aplicação mínima inicial, por exemplo, costuma ser mais alta do que em outros fundos de investimento.

O mais famoso hedge fund do Brasil talvez seja o Verde, que se encontra fechado atualmente para novos investidores. Uma opção que ainda capta investimentos é mais recente: o Universa, da Vitreo, que segue a carteira teórica da Carteira Empiricus.

Em 2020, a XP começou a oferecer uma versão do lendário fundo do Ray Dalio, da Bridgewater. A proposta original do fundo era materializar o portfólio para a seguinte pergunta: “Que tipo de investimento você faria para performar bem em todos os ambientes econômicos?”.

Nenhuma das três é recomendação de investimento — apenas exemplos, ok?

Se você pesquisar mais a fundo, vai ver que o Brasil não oferece muitas opções de hedge funds propriamente ditos. Um dos motivos é que o mercado financeiro brasileiro ainda é bastante incipiente.

Um fundo realmente ativo, que busque diferentes estratégias e mercados, sofre para conseguir atuar dentro do Brasil. Por isso, muitas vezes, investidores mais qualificados levam seu dinheiro para o exterior para investir em hedge funds dos Estados Unidos.

Mesmo assim, vale ficar atento. Há muitas gestoras desenvolvendo novas estratégias no momento, muita gente descobrindo a renda variável e um cenário de juros baixos que propicia estratégias arrojadas e diferenciadas.

Agora me diga: entendeu o que é hedge fund e como funciona esse tipo de fundo? Se tiver dúvidas, deixe um comentário e compartilhe comigo suas impressões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *