fbpx
INVESTIMENTO EM FUNDOS (400 x 200 px)

O que é gestão de patrimônio e como fazer na prática (Guia 2024)

A gestão de patrimônio é uma palavra-chave para quem busca eficiência tributária e financeira.

Ela envolve o planejamento, a administração e o controle de instrumentos financeiros que permitam a um indivíduo ou família uma construção, manutenção e ampliação segura do seu patrimônio no longo prazo.

Para isso, são utilizadas ferramentas como investimentos financeiros, estruturas empresariais, seguros, testamentos e outros dispositivos que permitem uma jornada mais tranquila para o futuro.

Ficou interessado? Então, siga a leitura.

Consultoria de investimentos

O que é gestão de patrimônio?

Gestão de patrimônio é um serviço oferecido por instituições financeiras e consultores especializados a investidores ou famílias com renda e patrimônio elevados. 

Dimensionado conforme as necessidades de cada cliente, pode incluir o gerenciamento de todos os bens, direitos e passivos do investidor, tanto no âmbito pessoal quanto profissional. 

Suas principais características são: 

  1. Administração completa do patrimônio, envolvendo ativos financeiros e não-financeiros, como participações societárias, imóveis, patentes, coleções, direitos autorais, etc.
  2. Assessoria/consultoria fiscal e contábil, que consiste, por exemplo, na implementação de um planejamento tributário, visando à redução da carga de impostos sobre o patrimônio 
  3. Planejamento sucessório, que envolve estratégias que permitem perpetuar o patrimônio ao longo de gerações

Por se tratar de um serviço sob medida, a gestão de patrimônio faz mais sentido para investidores com um nível de patrimônio e renda que justifique os custos.

No caso do wealth management, oferecido por bancos de investimentos e outras instituições especializadas, a estratégia é viável para quem tenha pelo menos R$ 1 milhão.

> Leia mais: Wealth planning: o que é, como funciona e por que fazer?

Como fazer a gestão de patrimônio

A contratação de um serviço de gestão de patrimônio precisa seguir algumas etapas, dentre as quais se destacam:

1. Escolha um gestor/consultor

Diversas instituições oferecem gestão de patrimônio a pessoas físicas e jurídicas, mas a escolha adequada a cada perfil de cliente demanda um tempo de pesquisa e análise.

Ao optar por um serviço de wealth management ou mesmo de administração de carteira, você entregará a um terceiro a gestão do seu patrimônio — logo, deve ser alguém de confiança.

Histórico de mercado, reputação do profissional e um claro alinhamento de interesses são elementos que precisam ser considerados.

2. Faça um “inventário” dos bens

No caso do investidor que tem uma grande variedade de bens, direitos e/ou dívidas, pode ser necessário fazer um inventário para conferir se todos os registros documentais estão em dia

Dependendo do caso, a gestão de patrimônio poderá, inclusive, reavaliar os ativos, classificá-los ou revisar seu tempo de vida útil. 

Pode ocorrer também de ser necessário trocar dívidas caras por mais baratas e equalizar o padrão de vida do investidor ou de sua família conforme as condições patrimoniais.

> Leia mais: Family office: o que é e como funciona esse serviço?

3. Defina os instrumentos

Com os ativos e passivos devidamente organizados, a etapa seguinte é definir as estratégias de gestão do patrimônio.

Existem diferentes instrumentos com esse objetivo, tais como:

  • Fundos exclusivos: veículos de investimento criados sob medida para um único investidor, dotados de vantagens tributárias diferenciadas, como isenção de come-cotas (fundos fechados) e diferimento de Imposto de Renda
  • Holding familiar: empresa criada para acomodar todos os bens do investidor, como ativos financeiros, imóveis e automóveis, cujas cotas/ações podem ser distribuídas entre os herdeiros
  • Previdência privada: investimentos feitos para o longo prazo, com vantagens tributárias e sucessórias relevantes em consideração a outros tipos de investimentos financeiros
  • Carteiras administradas: criadas e geridas por um gestor profissional a exemplo de um fundo exclusivo, só que por meio do CPF do próprio investidor.
Consultoria de investimentos

Cuidados com a gestão de patrimônio

Não basta entender superficialmente o que é gestão de patrimônio para tomar as melhores decisões de planejamento financeiro.

Esse é um trabalho que exige cautela, paciência, conhecimento e consultoria profissional.

Consultoria de investimentos para aproximar você de seus objetivos. Comece agora!

Escolha a estratégia mais adequada

Antes de definir qual instrumento usar, discuta com o gestor ou consultor, faça as contas e compare.

Uma carteira administrada pode ter custos mais baixos do que um fundo exclusivo, mas não tem os mesmos incentivos tributários.

Uma holding patrimonial familiar pode acomodar todos imóveis da família, mas exige uma estrutura de administração como toda empresa. 

A escolha da melhor estratégia, portanto, deve considerar não apenas o tamanho, mas a diversificação do patrimônio.

Atenção aos passivos

A gestão de patrimônio, como vimos, envolve não apenas a administração dos ativos, mas também dos passivos do cliente, seja ele pessoa física ou jurídica

Alguém que tenha muitos imóveis precisa arcar com muitas obrigações, como IPTU, taxas e manutenções periódicas.

Do mesmo modo, os ganhos relativos aos investimentos financeiros podem gerar obrigações tributárias perante o Fisco que precisam ser honradas dentro do prazo.

Gostou das dicas e entendeu melhor o que é gestão de patrimônio? Deixe um comentário.

Quer conhecer mais sobre o meu trabalho e descobrir como a consultoria de investimentos pode ajudar na construção e preservação do seu patrimônio?

Mande uma mensagem pelo WhatsApp e vamos conversar!

Consultoria de investimentos


Lembre-se: rentabilidade passada não é garantia de retorno futuro. O desempenho dos fundos é líquido de taxas, mas não de impostos. O conteúdo deste blog tem o objetivo de educação financeira. Não tome decisões baseadas unicamente neste ou em qualquer texto. Faça a lição de casa, estude, questione, investigue e dê valor ao seu dinheiro.

Gustavo Heldt

Gustavo Heldt

Consultor associado da TRAAD Wiser Investor. Especialista em Investimentos e Finanças.

Me segue lá no Instagram 🙂

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Envie suas dúvidas :)