fbpx
INVESTIMENTO EM FUNDOS (400 x 200 px)

Factor investing: o que é e como investir em fatores de risco no longo prazo

Factor investing é o investimento em fatores de risco que podem determinar o sucesso das suas aplicações no longo prazo.

Não entendeu?

Calma, neste artigo vamos tirar todas as suas dúvidas sobre factor investing e como adotar essa abordagem nos seus investimentos.

Siga a leitura.

Consultoria de investimentos

O que é factor investing?

O factor investing é uma estratégia de investimento que busca identificar e explorar fontes sistemáticas de retorno nos mercados financeiros. 

Essa abordagem baseia-se na ideia de que certas características, ou “fatores”, estão associadas a retornos mais altos ao longo do tempo e que, ao focar nesses fatores, os investidores podem construir carteiras com potencial para superar o mercado.

Alguns dos fatores mais comumente usados no factor investing incluem valor, tamanho, momentum e qualidade.

O valor refere-se à ideia de que as ações com uma baixa relação preço/lucro (entre outras medidas) tendem a superar o mercado no longo prazo

O tamanho refere-se à ideia de que as ações de pequena capitalização tendem a superar as ações de grande capitalização no longo prazo. 

Momentum refere-se à ideia de que as ações que tiveram um bom desempenho recentemente tendem a continuar a superar no curto prazo. 

E qualidade refere-se à ideia de que ações com fundamentos fortes, como alta rentabilidade e baixo nível de endividamento, tendem a superar o mercado no longo prazo.

O factor investing ganhou popularidade nos últimos anos e foi adotado por investidores individuais e investidores institucionais.

Como disse Cliff Asness, co-fundador da AQR Capital Management, “o factor investing é uma forma de capturar sistematicamente os prêmios que existem documentados no mercado”.

Um dos principais benefícios do factor investing é que ele permite que os investidores construam portfólios diversificados em uma variedade de fatores, em vez de depender de um único fator ou abordagem de escolha de ações.

Isso pode ajudar a reduzir o risco e melhorar o potencial de retornos de longo prazo.

> Leia também: O que é value investing?

Quais são os principais fatores de risco no factor investing?

O factor investing é uma estratégia na qual os investidores buscam identificar e investir em características ou fatores específicos que historicamente demonstraram produzir retornos acima da média do mercado. 

Alguns dos principais fatores comumente considerados no factor investing incluem valor, momentum, tamanho, qualidade e volatilidade.

Investimento em valor

O investimento em valor envolve a busca de empresas que estão subvalorizadas pelo mercado (preço abaixo do seu valor intrínseco) e a compra de suas ações na esperança de que o mercado acabe reconhecendo seu verdadeiro valor e o preço das ações suba.

Investimento em momentum

O investimento em momentum envolve a compra de ações que mostraram forte desempenho recente e a venda daquelas que mostraram desempenho ruim, na expectativa de que essa tendência continue.

Investimento em tamanho

O investimento de tamanho envolve investir em empresas com capitalizações de mercado menores, na suposição de que essas empresas têm mais espaço para crescimento e, portanto, têm maior probabilidade de superar as empresas maiores.

Investimento em qualidade

O investimento em qualidade envolve a busca de empresas com balanços fortes, lucros estáveis e resilientes e outras características que indiquem um alto nível de saúde financeira.

Investimento em baixa volatilidade

O investimento em baixa volatilidade envolve aproveitar ações com menores flutuações do mercado, que tendem a apresentar menor drawdown e ser mais resilientes.

7 benefícios do factor investing

Há muitos benefícios em usar uma abordagem de factor investing no gerenciamento de portfólio. Alguns dos principais benefícios incluem:

  1. Diversificação aprimorada: o factor investing permite que os investidores diversifiquem seus portfólios em uma variedade de fatores, em vez de apenas títulos individuais, o que pode ajudar a reduzir o risco geral do portfólio.
  2. Retornos ajustados ao risco aprimorados: ao se concentrar em fatores que demonstraram ter uma relação persistente com os retornos, o factor investing pode ajudar os investidores a gerar retornos mais altos para um determinado nível de risco.
  3. Construção de carteira simplificada: o factor investing pode ajudar a simplificar o processo de construção de carteira, concentrando-se em um número relativamente pequeno de fatores que se acredita gerar retornos, em vez de tentar analisar títulos individuais.
  4. Transparência aprimorada: o factor investing pode fornecer maior transparência nos impulsionadores dos retornos, o que pode ajudar os investidores a entender melhor os riscos e recompensas de seus investimentos.
  5. Maior liquidez: muitos produtos de investimento baseados em fatores, como fundos negociados em bolsa (ETFs), são altamente líquidos, o que pode facilitar a entrada e saída de posições dos investidores conforme necessário.
  6. Custos mais baixos: como os produtos de investimento baseados em fatores, como os ETFs, geralmente têm taxas de administração mais baixas do que os fundos geridos ativamente, os investidores podem reduzir seus custos gerais de investimento usando uma abordagem de factor investing.
  7. Melhor gerenciamento de risco: Ao incorporar uma abordagem baseada em fatores em seu processo de construção de portfólio, os investidores podem gerenciar melhor sua exposição a várias fontes de risco, como risco de mercado, risco de liquidez e risco de taxa de juros.

Consultoria de investimentos

5 possíveis desvantagens do factor investing

Embora o factor investing ofereça muitos benefícios potenciais, também existem algumas desvantagens potenciais a serem consideradas. Algumas das principais desvantagens do factor investing incluem:

  • Flexibilidade limitada: produtos de investimento baseados em fatores, como ETFs, geralmente seguem uma abordagem baseada em regras, o que pode limitar a capacidade do investidor de fazer mudanças táticas em seu portfólio.
  • Baixo desempenho: Embora os produtos de investimento baseados em fatores tenham mostrado superar o mercado mais amplo em alguns casos, não há garantia de que sempre o farão. Os investidores podem passar por períodos de baixo desempenho se os fatores nos quais estão investindo não tiverem o desempenho esperado.
  • Aglomeração de fatores: como o factor investing se tornou mais popular nos últimos anos, existe o risco de que alguns fatores fiquem superlotados, o que pode reduzir os retornos e aumentar a volatilidade.
  • Viés de mineração de dados: O processo de identificação de fatores que têm uma relação persistente com os retornos pode estar sujeito ao viés de mineração de dados, o que pode levar à identificação de fatores que não têm uma relação verdadeira com os retornos.
  • Desafios de implementação: A implementação de uma estratégia de investimento baseada em fatores pode ser complexa e exigir conhecimento e recursos especializados. Os investidores podem precisar trabalhar com um consultor financeiro ou outro profissional para garantir que sua carteira baseada em fatores seja adequadamente construída e gerenciada.

Consultoria de investimentos para aproximar você de seus objetivos. Comece agora!

Principais autores de factor investing

O factor investing é um campo amplo e existem muitos autores que contribuíram para o desenvolvimento e compreensão dessa estratégia de investimento. 

Alguns dos autores mais relevantes sobre o assunto incluem Eugene Fama e Kenneth French, conhecidos por seu trabalho no modelo de três fatores, bem como Robert Novy-Marx, que escreveu extensivamente sobre lucratividade e fatores de valor. 

Outros autores no campo incluem Cliff Asness, Andrea Frazzini e Lasse Pedersen.

Alguns artigos importantes sobre o assunto incluem “The Cross-Section of Expected Stock Returns”, de Eugene Fama e Kenneth French, que introduziu o modelo de três fatores, e “The Other Side of Value: The Gross Profitability Premium”, de Robert Novy-Marx , que discute o fator rentabilidade. 

Além disso, muitos livros de finanças e cursos on-line oferecem lições sobre factor investing e podem fornecer uma visão mais abrangente do tópico.

Gostou de aprender o que é factor investing e como utilizar essa abordagem nos seus investimentos? Compartilhe.

Quer conhecer mais sobre o meu trabalho e descobrir como a consultoria de investimentos pode ajudar na construção e preservação do seu patrimônio?

Mande uma mensagem pelo WhatsApp e vamos conversar!

Consultoria de investimentos


Lembre-se: rentabilidade passada não é garantia de retorno futuro. O desempenho dos fundos é líquido de taxas, mas não de impostos. O conteúdo deste blog tem o objetivo de educação financeira. Não tome decisões baseadas unicamente neste ou em qualquer texto. Faça a lição de casa, estude, questione, investigue e dê valor ao seu dinheiro.

Picture of Gustavo Heldt

Gustavo Heldt

Consultor associado da TRAAD Wiser Investor. Especialista em Investimentos e Finanças.

Me segue lá no Instagram 🙂

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Envie suas dúvidas :)