Investindo em ações a longo prazo: vantagens e dicas

Gustavo Heldt

Se você está investindo em ações a longo prazo, está no caminho certo.

O motivo é bastante simples: no curto prazo, o mercado acionário tem maior aleatoriedade do que se costuma imaginar.

Ou seja, o movimento do preço das suas ações de um dia para o outro é completamente imprevisível.

Mas se você está investindo em ações a longo prazo, conta com muitos benefícios.

A seguir, descubra por quê e como melhorar ainda mais a sua perspectiva de investimentos.

Investindo em ações a longo prazo: vale a pena?

Sim, vale a pena construir patrimônio investindo em ações a longo prazo.

Mas você precisará adicionar à sua estratégia de investimento dois ingredientes essenciais: paciência e persistência.

De maneira geral, é possível lucrar investindo em ações de duas maneiras:

  1. Por meio da valorização dos ativos (ganho de capital)  
  2. Por meio do recebimento de proventos (dividendos e Juros sobre o Capital Próprio). 

Investidores que miram o longo prazo geralmente estão interessados em se tornar sócios de boas empresas. 

Se o foco é dividendos, a preferência é por empresas maduras que atuam em setores perenes e têm forte geração de caixa. 

Geralmente são companhias que alcançaram a “velocidade de cruzeiro” e que, por isso, distribuem parte relevante dos lucros aos acionistas.

Mas se o investidor estiver em busca de ações de crescimento, deve optar por empresas promissoras, com múltiplos em expansão e novos modelos de negócio.

Você pode obter excelentes resultados investindo em ações a longo prazo de diferentes maneiras, mas primeiro é preciso definir sua tese de investimentos.

Como investir em fundos de ações a longo prazo

Uma estratégia inteligente é investir em ações a longo prazo por meio de fundos que tenham uma política de investimento coerente com seus objetivos.

A seguir, confira algumas dicas de como analisar um fundo de ações e acertar na escolha. 

Tipo de gestão

Um fundo de investimento em ações pode ser ativo, quando busca superar o índice de referência (benchmark), ou passivo, quando apenas segue determinado índice. 

Pode, ainda, ser um fundo específico ou de investimento no exterior. 

Ao investir em um fundo de ações, é provável que você esteja em busca de um fundo ativo — do contrário, poderia escolher um ETF.

Estratégia do fundo

Essa parte é muito importante. A estratégia do fundo de ações precisa estar alinhada à sua estratégia enquanto investidor. 

As principais são:

  • Valor/Crescimento: busca empresas de excelente qualidade 
  • Dividendos: empresas que pagam proventos regularmente
  • Small Caps: empresas de baixa capitalização, mas com alto potencial de crescimento.

Perceba que cada estratégia tem um foco diferente. 

Quando o mercado está em alta, ações de valor, por exemplo, não costumam subir de preço na mesma intensidade das ações de crescimento ou small caps

Por outro lado, nos momentos de turbulência, são as que menos balançam. São chamadas de ações defensivas devido à solidez das empresas. 

É preciso ter isso em mente ao analisar um fundo de investimento, pois a performance do fundo varia conforme os ativos que compõem sua carteira.

Análise do portfólio do fundo

Ao investir em um fundo de ações, você terceiriza a um profissional a gestão do seu dinheiro.

Mas isso não isenta você da responsabilidade de analisar as ações que compõem a carteira do fundo. 

Entenda como o gestor analisa os fundamentos das ações, interpreta as informações do mercado e baliza suas decisões. 

Ele é um gestor mais Top-Down, que inicia as análises pelo cenário macroeconômico? Ou Bottom-Up, que começa a avaliação pelos indicadores fundamentalistas da empresa?

Assessoria para investir em ações a longo prazo

Construir patrimônio investindo em ações a longo prazo exige dedicação, pesquisa e muita educação financeira.

Eu sei que não é uma tarefa fácil, mesmo que você escolha fazer isso por meio de fundos de investimento.

Portanto, para ajudá-lo nas melhores decisões, conte com o auxílio de uma assessoria. 

O agente autônomo de investimento é a ponte entre você e os produtos oferecidos pelo mercado. 

Com ele, você pode entender melhor os impactos das suas decisões, as configurações dos fundos, a visão do research do banco ou corretora e obter um panorama melhor do seu portfólio como um todo.

Gostou das dicas? Compartilhe com seus amigos que estão dando os primeiros passos nesse universo de investimentos.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Gustavo Heldt

Gustavo Heldt

Gustavo Heldt é jornalista, especialista em investimentos, assessor e entusiasta de bons fundos e gestores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Envie suas dúvidas :)