fbpx
INVESTIMENTO EM FUNDOS (400 x 200 px)

Investimento para aposentadoria: quais são as melhores opções?

O investimento para aposentadoria deve ser planejado com cuidado.

Ele envolve não apenas a previdência privada, mas todas as aplicações cujo objetivo principal tenha a ver com sua tranquilidade financeira de longo prazo.

Se você se interessa por esse tema e deseja investir para sua aposentadoria, siga a leitura.

Consultoria de investimentos

O que é um investimento para aposentadoria?

Um investimento para aposentadoria é a construção de uma carteira previdenciária capaz de proporcionar ao investidor renda o suficiente para garantir sua independência financeira no futuro. 

O principal objetivo é manter seu padrão de vida após o encerramento da carreira profissional, sem depender da previdência oficial.

Um plano de investimento para aposentadoria pode ser construído a partir de diferentes estratégias, conforme o perfil e a tolerância a riscos de cada investidor. 

Como se trata de um investimento de longo prazo, quanto mais cedo você começar, mais renda terá no futuro.

O tempo é uma das variáveis mais importantes quanto o assunto é investimento para aposentadoria, considerando, principalmente, o princípio dos juros compostos. 

Ao criar um portfólio com esse objetivo, é possível selecionar ativos de renda fixa e variável em proporções que respeitem seu perfil. 

Seja qual for a estratégia, é fundamental que você busque neutralizar os efeitos da inflação, uma espécie de juros compostos ao contrário que destrói o poder de compra no longo prazo.

Tipos de investimento para aposentadoria

O mercado financeiro oferece diversas opções de investimento para aposentadoria, dos mais conservadores aos mais sofisticados. 

A seguir, confira algumas opções para compor uma carteira de previdência e garantir a você um futuro muito mais tranquilo.

Previdência privada

A previdência privada é um produto criado especificamente para quem pretende investir para aposentadoria. 

Os planos se dividem em dois tipos:

  1. PGBL: Plano Gerador de Vida Livre
  2. VGBL: Vida Gerador de Vida Livre.

A escolha entre um e outro depende basicamente de como você entrega sua declaração de Imposto de Renda: completa ou simplificada.

De maneira geral, a previdência privada oferece vantagens tributárias importantes, com alíquotas mais baixas no longo prazo (se for tabela regressiva) e dedução de parte do valor investido no ajuste anual de IR, no caso do PGBL.

A previdência privada como investimento para aposentadoria é envolta de alguns mitos, sobretudo relacionados aos custos e à rentabilidade.

Entretanto, com uma boa pesquisa, você encontrará bons planos que ofereçam retornos adequados a seus objetivos, aproveitando-se dos benefícios tributários.

Quando chegar o período de usufruto, poderá sacar o patrimônio acumulado ou transformá-lo em renda mensal, podendo ser ou não vitalícia.

Tesouro Direto

No âmbito da renda fixa, alguns títulos do Tesouro Direto são boas opções para quem pretende fazer investimento para aposentadoria. 

As opções mais indicadas são:

  1. Tesouro Prefixado com ou sem juros semestrais
  2. Tesouro IPCA + com ou sem juros semestrais.

Considerando a importância de se preservar o poder de compra no longo prazo, os títulos indexados ao IPCA são mais vantajosos, já que pagam a inflação do período mais um ganho real

Caso o investidor queira, ainda durante a fase de acumulação, receber dinheiro na conta semestralmente, pode escolher os títulos com cupons semestrais. 

O governo prepara o lançamento de um novo título, que está sendo chamado de Tesouro Direto-Previdência, especificamente para cumprir o papel de investimento para aposentadoria. 

A ideia é que a pessoa física compre os títulos sem receber os juros na fase de acumulação e tenha uma renda mensal durante a aposentadoria, uma dinâmica parecida com os fundos previdenciários. 

Consultoria de investimentos

FIIs e Fiagros

No universo da renda variável, os Fundos de Investimento Imobiliário (FIIs) são ativos que se adequam bem a uma carteira de investimento para aposentadoria. 

Trata-se de um instrumento que capta dinheiro dos investidores para investir no mercado imobiliário, seja em imóveis físicos (fundos de tijolo) ou em ativos lastreados em imóveis (fundos de papel). 

Por lei, no mínimo 95% do lucro auferido no semestre deve ser distribuído aos investidores, pagamento que geralmente ocorre todo mês.

Recém-criados, os Fiagros (Fundos de Investimento nas Cadeias Produtivas do Agronegócio) também podem ser uma opção para uma carteira previdenciária.

Semelhantes aos FIIs, pagam rendimentos regularmente isentos de Imposto de Renda para pessoa física e são negociados em bolsa.

A lógica é fácil de entender: quanto mais cotas você acumular, mais renda conseguirá no longo prazo. 

A recomendação é fazer uma análise criteriosa dos fundamentos dos fundos, com atenção especial aos Fiagros, por serem produtos ainda sem histórico, e reinvestir os rendimentos durante a fase de acumulação.

Ações boas pagadoras de dividendos

As ações de empresas boas pagadoras de dividendos também são opções para quem pretende criar uma carteira previdenciária. 

Em geral, são companhias que atuam em setores perenes, têm forte geração de caixa e pouca necessidade de reinvestimento. 

Como distribuem boa parte do lucro a seus acionistas em forma de dividendos, são empresas cobiçadas pelos investidores que investem pensando em renda passiva.

> Leia também: Previdência privada vale a pena? Conheça as vantagens.

No vídeo abaixo, você confere um super conteúdo com dicas para montar uma carteira de investimentos alinhada aos seus objetivos e perfil.

Dicas de investimento para aposentadoria

Quer fazer um investimento para aposentadoria, mas ainda não sabe por onde começar?

Então, confira algumas dicas a seguir.

Comece o quanto antes

Independentemente da composição do portfólio, você precisará de um patrimônio relevante que gere renda o suficiente para sustentar seu padrão de vida após o fim dos dias de trabalho.

Para a grande maioria dos investidores, essa fase de acumulação pode levar anos ou décadas, portanto, quanto mais cedo você começar a investir, melhor. 

Com um plano de investimento para aposentadoria bem elaborado, paciência e persistência, não tem erro: você chegará lá. 

Diversifique

A diversificação é regra básica quando o assunto é investimentos, sobretudo para aposentadoria. 

Com a quantidade de alternativas oferecidas pelo mercado, não há necessidade de ficar preso a uma classe de ativos e concentrar riscos.  

Adicione ao seu portfólio previdenciário renda fixa e variável, no Brasil e no exterior, que garantam resiliência para atravessar os ciclos econômicos.

A teoria do portfólio eficiente diz que você deve ter na carteira ativos descorrelacionados ou com correlação negativa entre si, de forma a manter o equilíbrio no longo prazo. 

Consultoria de investimentos para aproximar você de seus objetivos. Comece agora!

Invista para a aposentadoria com ajuda profissional

Quer ter acesso aos melhores investimentos para aposentadoria? Então, tenha a ajuda profissional com uma consultoria de investimentos.

Esse serviço vai ajudá-lo a escolher os melhores investimentos para aposentadoria e compor um portfólio resiliente e rentável

Quer conhecer mais sobre o meu trabalho e descobrir como a consultoria de investimentos pode ajudar na construção e preservação do seu patrimônio?

Mande uma mensagem pelo WhatsApp e vamos conversar!

Consultoria de investimentos


Lembre-se: rentabilidade passada não é garantia de retorno futuro. O desempenho dos fundos é líquido de taxas, mas não de impostos. O conteúdo deste blog tem o objetivo de educação financeira. Não tome decisões baseadas unicamente neste ou em qualquer texto. Faça a lição de casa, estude, questione, investigue e dê valor ao seu dinheiro.

Picture of Gustavo Heldt

Gustavo Heldt

Consultor associado da TRAAD Wiser Investor. Especialista em Investimentos e Finanças.

Me segue lá no Instagram 🙂

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Envie suas dúvidas :)