fbpx
INVESTIMENTO EM FUNDOS (400 x 200 px)

Índice de correção do seguro de vida: como é feito o cálculo?

Saber o índice de correção do seguro de vida é essencial para se planejar financeiramente e não ser pego de surpresa quando o reajuste chegar.

Afinal, as alterações são automáticas conforme as cláusulas da apólice, documento que explica em detalhes as condições do produto.

Siga acompanhando para entender melhor do que se trata.

Consultoria de investimentos

Índice de correção do seguro de vida: o que é?

O índice de correção do seguro de vida é um instrumento usado pelas seguradoras para corrigir pela inflação o valor do prêmio pago pelo cliente e o montante de capital segurado.

O mais usado é o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), medido pelo IBGE, por ser considerado o indicador oficial.

Mas não é uma regra.

Algumas seguradoras adotam também o Índice Geral de Preços Mercado (IGP-M), calculado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Fatores que entram no índice de correção do seguro

O índice de correção do seguro de vida é aplicado anualmente, conforme o contrato pactuado entre a seguradora e o segurado.

No mês de aniversário, portanto, a mensalidade paga pelo cliente (prêmio do seguro) é atualizada conforme o índice acumulado dos últimos 12 meses.

É importante destacar que o mesmo índice que corrige as parcelas também atualiza o montante segurado (indenização).

O objetivo é garantir o poder de compra do dinheiro ao longo do tempo contra os efeitos corrosivos da inflação.

Imagine só: você contrata um seguro de vida de R$ 1 milhão para proteger seus bens, sua renda ou sua família.

Quanto valeriam esses mesmos R$ 1 milhão depois de 20 anos, sem a correção pela inflação?

Com certeza, muito menos.

O índice de correção do seguro de vida, portanto, segue a lógica do valor do dinheiro no tempo.

Você pode obter mais detalhes sobre as regras no Art. 81 do Circular Susep Nº 667, de 04 de julho de 2022.

> Leia também: Wealth management: o que é, vantagens e como contratar.

Como é feito o cálculo do reajuste do seguro de vida?

O índice de correção do seguro de vida é aplicado pela seguradora, mas é fácil entender como funciona.

Imagine que você pague mensalmente R$ 100,00 de prêmio para ter direito a um seguro de vida conforme as suas necessidades.

Seu seguro é corrigido pelo IPCA, o índice oficial da inflação.

No ano seguinte, o IPCA medido foi, por exemplo, de 10% – para facilitar a conta.

A partir de então, você pagará R$ 110 por mês, que é o valor da parcela corrigido pela inflação.

O mesmo ocorre com a indenização contratada.

Mas além do índice inflacionário de correção do seguro de vida, há outro fator que você deve conhecer: o reajuste por faixa etária.

Cada seguradora tem uma tabela de reenquadramento que atualiza os prêmios conforme a idade do segurado.

Quanto mais velho, mais caro, considerando os fatores de risco inerentes às condições humanas.

Ao contratar um seguro, você deve analisar com atenção a tabela com antecedência (sem a correção inflacionária) para não ser pego de surpresa depois.

Tomando esses cuidados, sem dúvidas, o seguro de vida é um produto financeiro que vale muito a pena.

Gostou do artigo? Você pode ter o apoio de uma equipe experiente para identificar as melhores soluções para o seu perfil.

Consultoria de investimentos para aproximar você de seus objetivos. Comece agora!

Quer conhecer mais sobre o meu trabalho e descobrir como a consultoria de investimentos pode ajudar na construção e preservação do seu patrimônio?

Mande uma mensagem pelo WhatsApp e vamos conversar!

Consultoria de investimentos


Lembre-se: rentabilidade passada não é garantia de retorno futuro. O desempenho dos fundos é líquido de taxas, mas não de impostos. O conteúdo deste blog tem o objetivo de educação financeira. Não tome decisões baseadas unicamente neste ou em qualquer texto. Faça a lição de casa, estude, questione, investigue e dê valor ao seu dinheiro.

Picture of Gustavo Heldt

Gustavo Heldt

Consultor associado da TRAAD Wiser Investor. Especialista em Investimentos e Finanças.

Me segue lá no Instagram 🙂

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Envie suas dúvidas :)