fbpx
INVESTIMENTO EM FUNDOS (400 x 200 px)

A Fascinante História dos ETFs: Como Tudo Começou

Já se perguntou como os ETFs (Exchange Traded Funds, ou fundos de índice) surgiram e evoluíram ao longo dos anos?

Neste artigo, exploraremos a história intrigante dos ETFs, desde suas origens até sua ascensão como uma das ferramentas de investimento mais populares e inovadoras do mundo.

Prepare-se para uma jornada emocionante através do tempo, desvendando as histórias e acontecimentos que moldaram o desenvolvimento dos ETFs!

Consultoria de investimentos

As Primeiras Sementes dos ETFs

Embora os ETFs modernos tenham sido lançados nos anos 90, suas raízes podem ser rastreadas até a década de 70.

O conceito de fundos de índice

O conceito fundamental dos ETFs – investir em um portfólio diversificado de ações que replica o desempenho de um índice – foi popularizado por John Bogle, fundador da Vanguard Group, em 1976.

Na época, Bogle lançou o First Index Investment Trust, mais tarde renomeado para Vanguard 500 Index Fund, que buscava replicar o desempenho do índice S&P 500.

(Referência: Bogle, J. C. (1999). Common Sense on Mutual Funds: New Imperatives for the Intelligent Investor. New York: Wiley.)

O Nascimento dos ETFs

Os ETFs como os conhecemos hoje nasceram na década de 1990, como resultado de uma série de eventos e desenvolvimentos no mercado financeiro.

A crise de 1987 e a busca por soluções

Após a queda do mercado de ações em 1987, conhecida como “Black Monday”, houve uma crescente demanda por produtos financeiros que permitissem uma maior diversificação e liquidez.

Foi nesse contexto que Nathan Most e Steven Bloom, trabalhando para a American Stock Exchange (AMEX), desenvolveram o conceito de um fundo negociado em bolsa.

(Referência: Madura, J. (2011). Financial Markets and Institutions. Mason, OH: South-Western Cengage Learning.)

O primeiro ETF: SPDR S&P 500 (SPY)

O primeiro ETF foi lançado em 29 de janeiro de 1993, sob o nome de Standard & Poor’s Depositary Receipts (SPDR), também conhecido como “Spider”. Mais tarde, ele foi renomeado para SPDR S&P 500 ETF (SPY).

O SPY foi projetado para permitir que os investidores comprassem e vendessem um único título que replicasse o desempenho do índice S&P 500.

(Referência: Gastineau, G. L. (2002). The Exchange-Traded Funds Manual. New York: Wiley.)

Consultoria de investimentos

A Evolução e Crescimento dos ETFs

Desde o lançamento do primeiro ETF, o setor tem experimentado um crescimento impressionante e diversificação.

A expansão global dos ETFs

Os ETFs começaram a se espalhar globalmente na década de 1990, com o lançamento do primeiro ETF canadense, o Toronto 35 Index Participation Units (TIPS), em 1990, e o primeiro ETF europeu, o DJ STOXX 50 Fund, em 1998.

A explosão de popularidade dos ETFs

A popularidade dos ETFs aumentou significativamente no início dos anos 2000, impulsionada em grande parte pela facilidade de negociação e baixos custos.

Desde então, o setor de ETFs cresceu exponencialmente e se tornou uma das formas mais populares de investimento em todo o mundo.

O futuro dos ETFs

O futuro dos ETFs é promissor, com previsões de crescimento contínuo e uma crescente demanda por produtos cada vez mais inovadores e diversificados.

Consultoria de investimentos para aproximar você de seus objetivos. Comece agora!

Conclusão

Desde as sementes plantadas por John Bogle nos anos 70 até o lançamento do primeiro ETF em 1993 e a explosão de popularidade dos ETFs no início dos anos 2000, a história dos ETFs é uma história de inovação, criatividade e determinação.

Através de décadas de desenvolvimento, os ETFs se tornaram uma das ferramentas de investimento mais populares e eficazes do mundo, proporcionando aos investidores acesso fácil e econômico a uma ampla gama de ativos.

Quer conhecer mais sobre o meu trabalho e descobrir como a consultoria de investimentos pode ajudar na construção e preservação do seu patrimônio?

Mande uma mensagem pelo WhatsApp e vamos conversar!

Referências:

  • Bogle, J. C. (1999). Common Sense on Mutual Funds: New Imperatives for the Intelligent Investor. New York: Wiley.
  • Madura, J. (2011). Financial Markets and Institutions. Mason, OH: South-Western Cengage Learning.
  • Gastineau, G. L. (2002). The Exchange-Traded Funds Manual. New York: Wiley.
  • Ben-David, I., Franzoni, F., & Moussawi, R. (2018). Exchange Traded Funds (ETFs). Annual Review of Financial Economics, 10, 195-210. doi: 10.1146/annurev-financial-110217-023747

Consultoria de investimentos


Lembre-se: rentabilidade passada não é garantia de retorno futuro. O desempenho dos fundos é líquido de taxas, mas não de impostos. O conteúdo deste blog tem o objetivo de educação financeira. Não tome decisões baseadas unicamente neste ou em qualquer texto. Faça a lição de casa, estude, questione, investigue e dê valor ao seu dinheiro.

Gustavo Heldt

Gustavo Heldt

Consultor associado da TRAAD Wiser Investor. Especialista em Investimentos e Finanças.

Me segue lá no Instagram 🙂

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Envie suas dúvidas :)