Fundos long & short: o que são e como investir

O investimento em fundos long & short é uma alternativa para quem busca gestão especializada dos ativos e proteção contra as oscilações da bolsa de valores.

Em poucas palavras, esses fundos fazem compra e venda de dois ativos em uma única operação para lucrar com a diferença de preços entre eles.

Entre as vantagens, está o fato de que, para que gere lucro, o investidor não depende do desempenho do mercado  — como ocorre nos fundos de ações, por exemplo.

Quer entender melhor como funciona?

Siga com a leitura e confira nosso guia com as principais informações sobre fundos long & short.

O que são fundos long & short

Fundos long & short são fundos de investimento são fundos que apostam na venda de dois ativos na mesma operação com o objetivo de lucrar por meio da valorização de um e desvalorização de outro.

Nesse tipo de investimento, o termo long se refere à compra, e short se refere à venda.

O intuito é que uma ação subvalorizada seja comprada no fundo ao mesmo tempo em que uma ação supervalorizada seja vendida. 

Dessa forma, os rendimentos na modalidade provêm da diferença de performance entre os dois ativos.

Fundos long & short x long only

Conforme acabamos de ver, fundos long & short são aqueles em que há compra e venda de ativos em uma única operação.

O lucro do investidor surge a partir da diferença entre valores de compra e venda nesse caso.

Com essa definição em mente, é importante não confundir os fundos long & short com os fundos long only.

Diferente do long & short, os fundos long only operam somente com a compra de ações, apostando na valorização dos papéis com o tempo.

Por isso, a performance do fundo está relacionada ao próprio desempenho da bolsa de valores e do Ibovespa.

A lógica é a seguinte: se o mercado sofre uma queda, o preço do ativo também cai. Se o mercado sobe, o ativo se valoriza.

Na prática, então, o investimento em fundos long only é mais suscetível às oscilações da renda variável do que os fundos long & short.

Também é importante frisar que os fundos long only devem investir pelo menos 67% do patrimônio em ações, de acordo com a exigência da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Vantagens dos fundos long & short

Depois de compreender o que são fundos long & short, é hora de conhecer as principais vantagens dessa modalidade de investimento. É o que você vai ver nas linhas a seguir.

Menor correlação com o Ibovespa

Entre as vantagens dos fundos long & short, está o fato de que o desempenho do investimento não é afetado pelo Índice Bovespa, que mede a performance geral da bolsa de valores brasileira.

Em outras palavras, não importa se a bolsa está em alta ou em queda.

Como a estratégia consiste em lucrar com a diferença entre valores de compra e venda, o foco está em encontrar ativos subvalorizados e supervalorizados para criar essa relação, independente dos números do Ibovespa. 

Chances de lucro em qualquer cenário

Uma vez que os fundos long & short não dependem do desempenho da bolsa, o investidor pode lucrar em qualquer cenário.

Para isso, como vimos no tópico anterior, o gestor do fundo reúne esforços para encontrar os ativos certos para lucrar na operação.

Redução do impacto da renda variável na carteira

Como consequência dos benefícios citados acima, os fundos long & short permitem reduzir o impacto da renda variável na carteira de investimentos. 

Dessa forma, o investidor protege o seu patrimônio contra períodos de queda no mercado de ações e diminui os riscos inerentes à aplicação em ações.

Possibilidade de alavancagem

Outra vantagem é que os fundos long & short permitem fazer alavancagem: operar com volumes maiores do que o capital real.

Nesse caso, as ações compradas no fundo funcionam como uma garantia das ações vendidas.

Cabe ressaltar que qualquer estratégia aplicada ao fundo é realizada por um gestor especializado.

Estratégias dos fundos long & short

Nos tópicos abaixo, descubra as estratégias utilizadas nos fundos long & short:

Fundos direcionais

Nos fundos long & short direcionais, o objetivo é gerar resultado a partir da diferença entre as posições compradas e vendidas sem que exista qualquer limite de exposição financeira.

Fundos que usam essa estratégia são mais agressivos, o que significa que possuem riscos e possibilidades de rendimentos mais altos.

Fundos neutros

Nos fundos long & short neutros, são realizadas operações com posições compradas, desde que a exposição financeira líquida esteja limitada a 5%.

A partir dessa estratégia, os riscos e lucros são menores quando comparados aos fundos direcionais.

Independente da estratégia usada nos fundos long & short, você precisa compreender as dinâmicas da modalidade e avaliar se ela é adequada para o seu perfil de investidor.

Se optar por investir em fundos long & short, a vantagem é que a alocação dos recursos é feita por um gestor profissional, o que aumenta as chances de você ter lucros.

Se você gostou das dicas deste artigo, compartilhe nas suas redes.

Confira nossos posts alguns dos fundos mais buscados por aqui: AlaskaBrasil CapitalEquitas SelectionForpusGuepardoAZ Quest Ações e Constellation Institucional.

Deixe uma resposta