fbpx
INVESTIMENTO EM FUNDOS (400 x 200 px)

Fundos de investimento 555: o que são, tipos e como investir

Quer entender quais são os fundos de investimento 555 e o que diz a Normativa da CVM sobre eles?

Então você chegou ao lugar certo.

Nas próximas linhas, vou apresentar um pouquinho de cada um dos tipos de fundos de investimento 555 e como começar a encaixá-los no quebra-cabeças do seu portfólio.

Consultoria de investimentos

O que são fundos de investimento 555?

Fundos de investimento 555 são fundos regidos pela Instrução Normativa 555 da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), autarquia federal que regula o mercado financeiro.

A norma dispõe sobre a constituição, administração e funcionamento de diversas classes de fundos de investimento, como:

A instrução da Comissão de Valores Mobiliários abrange ainda os fundos de fundos, fundos restritos a investidores profissionais e qualificados e fundos de previdência

Não fazem parte da CVM 555, por exemplo, os Fundos de Investimento Imobiliário (FIIs), que seguem outra regra, a Instrução Normativa CVM 472, além dos Fundos de Investimento em Direitos Creditórios (FIDCs), que obedecem à Instrução CVM 356. 

Os fundos de investimento 555 são basicamente “condomínios abertos” que permitem aos investidores resgatarem suas cotas, desde que observados os prazos regulamentares.

> Leia também: Cotização de resgate: o que é, como funciona e prazos.

Tipos de fundos de investimento 555

As principais classes de fundos de investimento 555 são:

Fundo de ações

Investem pelo menos 67% do patrimônio líquido em ações ou outros ativos financeiros relacionados, como bônus ou recibos de subscrição, cotas de fundos de ações ou fundos de índices e BDRs. 

Os recursos que excedem o percentual mínimo podem ser aplicados em qualquer outra classe de ativo, conforme os limites de concentração e regras do regulamento.

Fundos multimercados

São fundos que podem investir em diferentes classes de ativos, como renda fixa, ações, ativos no exterior, dentre outras. 

Os fundos multimercados podem ser de longo prazo, crédito privado ou dívida externa.

Fundos cambiais

Os fundos cambiais devem expor pelo menos 80% do patrimônio líquido em ativos relacionados a moedas estrangeiras.

Sua carteira deve acompanhar a cotação de preços de determinada moeda ou as oscilações do cupom cambial.

Consultoria de investimentos

Fundos de renda fixa

Investem pelo menos 80% do patrimônio líquido em ativos de renda fixa, como títulos públicos ou privados

São ativos que seguem a variação da taxa de juros ou de índices de preços, como Selic, IPCA e CDI.

Os fundos de renda fixa podem se dividir ainda em referenciado (que segue algum índice), crédito privado, de curto ou de longo prazo.

Consultoria de investimentos para aproximar você de seus objetivos. Comece agora!

Como encontrar os melhores fundos de investimento 555

Se você está em busca dos melhores fundos de investimento 555, não há outra alternativa: o melhor caminho é a pesquisa e conhecimento.

O primeiro passo é organizar suas finanças pessoais e começar a analisar seu portfólio de investimentos como um todo, e não como uma série de ativos isolados e independentes.

Depois, é importante definir objetivos de curto, médio e longo prazo, compreender suas necessidades de liquidez e tentar vislumbrar sua capacidade de tolerância à volatilidade. 

Perguntas como essas ajudam você a começar a montar sua estratégia com as ciferentes categorias de fundos de investimento 555.

O passo seguinte é estudar as opções do mercado, comparar o histórico de rentabilidade com os benchmarks, avaliar a qualidade da gestão e a carteira de ativos dos fundos.

Não é um trabalho simples, eu sei. 

Para ajudá-lo no filtro, recomendo a você recorrer aos relatórios de uma casa de análise, como Nord e Spiti.

Você também pode recorrer à consultoria de investimentos para ter orientação especializada na tomada de decisões.

E, é claro, acompanhar todos os posts do blog.

Curtiu as dicas? Compartilhe este artigo com aqueles seus amigos que estão desbravando esse novo universo dos investimentos e dos fundos.

Quer conhecer mais sobre o meu trabalho e descobrir como a consultoria de investimentos pode ajudar na construção e preservação do seu patrimônio?

Mande uma mensagem pelo WhatsApp e vamos conversar!

Consultoria de investimentos


Lembre-se: rentabilidade passada não é garantia de retorno futuro. O desempenho dos fundos é líquido de taxas, mas não de impostos. O conteúdo deste blog tem o objetivo de educação financeira. Não tome decisões baseadas unicamente neste ou em qualquer texto. Faça a lição de casa, estude, questione, investigue e dê valor ao seu dinheiro.

Gustavo Heldt

Gustavo Heldt

Consultor associado da TRAAD Wiser Investor. Especialista em Investimentos e Finanças.

Me segue lá no Instagram 🙂

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Envie suas dúvidas :)