O que são fundos de fundos: tire suas dúvidas

Quer entender melhor o que são fundos de fundos?

O nome parece confuso, mas não é difícil compreender como funciona a modalidade na prática.

Trata-se de fundos que aplicam em outros fundos, o que possibilita a criação de uma carteira diversificada para minimizar riscos.

Entre as vantagens, também ganha destaque a gestão profissional do patrimônio.

Quer entender melhor o que são fundos de fundos e como eles funcionam?

Então continue com a leitura dos tópicos a seguir e tire suas dúvidas.

O que são fundos de fundos

Fundos de fundos, como o próprio nome indica, são um tipo de fundo que aplica o patrimônio em outros fundos.

Seu funcionamento é contrário em relação aos demais tipos de fundos, como os de renda fixa e os de ações, que investem diretamente em títulos e outros ativos financeiros.

Ao optar por essa modalidade, o investidor tem acesso a vários fundos ao mesmo tempo por meio de uma única aplicação.

Em outras palavras, uma única cota dá acesso à participação em fundos diversos.

A vantagem principal dos fundos de fundos é a formação de uma carteira diversificada.

Fundo de fundos x FOF

Agora que você já conhece a definição de fundo de fundos, é importante saber que eles são representados no mercado pelas letras FOF.

É a sigla em inglês para Fund of Funds

Ou, em uma tradução para o português, fundo de fundos.

Vantagens de fundos de fundos

Nas próximas linhas, descubra as principais vantagens de investir em fundos de fundos:

1. Gestão profissional

Em todo fundo de investimento, a gestão e alocação do patrimônio são feitas por um gestor profissional.

Dessa forma, o investidor não precisa se preocupar com a criação de uma estratégia.

Na prática, a formação da carteira envolve o trabalho de diferentes gestores  — justamente aqueles que são responsáveis por cada um dos fundos que compõem a cesta.

2. Diversificação da carteira

Naturalmente, os fundos já são diversos porque investem em diferentes ativos.

Nos fundos de fundos, a diversificação é ainda maior porque o patrimônio é alocado em uma cesta de fundos, o que permite ter acesso a estratégias e investimentos diversos.

3. Maior segurança

Os FOFs garantem maior segurança porque, com eles, é possível minimizar o impacto de perdas de um fundo específico, já que existem outros para compensar.

Trata-se de um benefício da diversificação promovida pelos FOFs.

Você já ouviu a expressão que diz para não colocar todos os ovos na mesma cesta?

Aqui ocorre justamente essa lógica.

Em termos práticos, mesmo que um fundo apresente rendimentos negativos, os lucros do investidor podem ser garantidos por meio dos demais fundos presentes na carteira. 

4. Custos reduzidos

A quarta vantagem é a redução de custos para diversificar a carteira.

Ao investir na modalidade, você realiza uma única aplicação e paga a taxa de administração apenas uma vez, tendo acesso a vários fundos ao mesmo tempo.

A economia no pagamento de taxas resulta em lucros maiores, principalmente no longo prazo.

Mas antes de investir, é essencial avaliar as taxas de diferentes instituições financeiras.

Afinal, de qualquer forma, o percentual descontado tem impacto sobre a rentabilidade da aplicação.

Tipos de fundos de fundos

Agora que você já sabe o que são fundos de fundos, você vai conhecer os tipos oferecidos no mercado e avalie a modalidade ideal para o seu perfil. Acompanhe os tópicos.

Fundos de fundos imobiliários

São fundos que investem predominantemente em cotas de outros fundos de investimentos imobiliários (FIIs) e ativos diversos do mercado imobiliário.

Nesse caso, o investidor tem acesso a rendimentos provenientes de empreendimentos nos setores de construção civil e negociação de imóveis.

Fundos de fundos multimercado

São os fundos que investem em outros fundos multimercados.

Os fundos multimercados, por sua vez, são aqueles que aplicam o patrimônio em diferentes classes de ativos, combinando estratégias e níveis de risco variados.

Na prática, trata-se de aplicações com maior flexibilidade e que, de maneira geral, buscam rendimentos acima da média.

Fundos de fundos de ações

Na modalidade, o investidor tem acesso a diversos fundos de ações por meio de uma única aplicação.

É importante ressaltar que, nos fundos de ações, ao menos 67% do patrimônio deve ser aplicado em ações negociadas na bolsa de valores, com rendimentos que acompanham as oscilações do mercado.

Como você pode ver, os fundos de fundos são opções para quem busca gestão especializada e diversificação da carteira.

Se essa é a modalidade na qual você deseja investir, escolha o tipo de fundo de acordo com o seu perfil.

Gostou das dicas do artigo? Então, não deixe de compartilhar e ler outros conteúdos exclusivos do blog.

Deixe uma resposta