FAMA FIC FIA: Gestão, Rentabilidade e Características

Gustavo Heldt

O FAMA FIC FIA é o único fundo da gestora independente FAMA Investimentos, fundada em 1993.

Tem na carteira empresas nacionais de alta qualidade, com vantagens competitivas e compromissadas com a sustentabilidade

Trata-se de um fundo de ações, destinado a investidores de perfil agressivo que buscam retornos a longo prazo.

Se é o seu caso, continue a leitura e descubra mais sobre a gestão e a estratégia do fundo FAMA FIC FIA

Como é o fundo FAMA FIC FIA

O FAMA FIC FIA é um fundo de ações do tipo long only, ou seja, sempre opera comprado, apostando na valorização dos ativos. 

Por ser um FIC (Fundo de Investimento em Cotas), aplica no mínimo 95% do patrimônio líquido em cotas do FAMA Master Fundo de Investimento em Ações. 

Investe somente em empresas brasileiras sólidas, bem geridas e com forte geração de caixa. É vedado o investimento no exterior.

Para fazer parte do portfólio do fundo, as empresas passam por uma criteriosa análise, que inclui critérios éticos e de ESG. 

ESG é a sigla em inglês para Environmental, Social and Governance, que em português significa Ambiental, Social e Governança.

Gestão do fundo FAMA FIC FIA

A gestão do fundo FAMA FIC FIA fica a cargo do sócio-fundador da gestora, Fabio Alperowitch. 

Ele é administrador de empresas, tem cursos de extensão nos Estados Unidos e começou a carreira na  Procter & Gamble.

Foi também membro de conselhos de administração de várias companhias de capital aberto e, no terceiro setor, dirige três ONGs.

Em entrevista à Suno Research, Fabio Alperowitch afirma que o apreço pela sustentabilidade sempre foi relevante na gestora desde sua fundação. 

“O que chamamos hoje de ESG sempre foi uma tônica muito grande na nossa filosofia de investimentos”, disse.

Sobre o portfólio, ele comenta que a visão é sempre de longo prazo. Há empresas que fazem parte da carteira do fundo há 15 anos ou mais. 

“A gente tem um fundo de investimentos só e é um fundo de ações bastante monótono no sentido de não ter derivativos, não fazer trade. Temos uma carteira de empresas que carregamos com visão de longo prazo. O que fazemos é aumentar ou diminuir o tamanho da posição”, explica. 

A tese de investimentos, conforme Fabio, tem se mostrado eficaz ao longo dos anos. “Desde a fundação, entregamos 22% de retorno ano ano”, disse. 

O fundo tem taxa de administração de 2% ao ano sobre o patrimônio líquido e taxa de performance de 20% sobre o que exceder o Ibovespa, o índice de referência.

Confira, a seguir, outras informações essenciais sobre o FAMA FIC FIA:

  • Público alvo: investidores em geral
  • Investimento inicial: R$ 300 mil / via plataforma digital: R$ 5 mil
  • Saldo mínimo: R$ 300 mil / via plataforma digital: R$ 5 mil
  • Movimentação: R$ 30 mil / via plataforma digital: R$ 5 mil
  • Aplicação: cotização em D+0 (horário limite: 14 horas)
  • Resgate: cotização em D+57 dias corridos
  • Liquidação. D+2 dias úteis após a cotização
  • Tributação: Imposto de Renda de 15% no resgate
  • Categoria Anbima: ações livre. 

Estratégia do fundo FAMA FIC FIA

O fundo FAMA FIC FIA usa como estratégia critérios puramente fundamentalistas, sempre balizados por premissas conservadoras. 

Não faz uso de derivativos nem de alavancagem.

Possui entre 15 e 18 empresas no portfólio que atendem aspectos qualitativos, levando em conta princípios éticos e sustentáveis.

Na entrevista concedida à Suno Research, o gestor Fabio Alperowitch comenta que a estratégia da equipe é moldada a partir de confrontoss de ideias. 

Como as empresas escolhidas geralmente ficam no fundo por muitos anos, as teses de investimentos (lideradas por ele) são sempre contestadas por outra equipe da mesma gestora. 

O objetivo é garantir o distanciamento crítico no processo de análise. 

“É o poder do contraditório. Esse choque é muito bacana, porque à medida que a gente vai encontrando empresas interessantes e se empolgando com a tese, alguém nos questiona se estamos sendo adequadamente criteriosos”, explica.

De acordo com o relatório de outubro, a maior parte das empresas selecionadas pelo fundo teve liquidez média diária superior a R$ 20 milhões e receita maior que R$ 5 bilhões.

A exposição setorial se dividia em:

  • Saúde
  • Varejo
  • Construtoras e materiais
  • Serviços de locação
  • Papel e celulose
  • Bens de consumo
  • Serviços.

Rentabilidade do fundo FAMA FIC FIA

Em relação à rentabilidade, o fundo FAMA FIC FIA apresenta um retorno acumulado de 10.077% desde o lançamento, contra 2.088% do Ibovespa. 

Os dados constam no relatório de outubro de 2020, divulgado pela gestora. 

A seguir, confira a rentabilidade histórica do fundo desde 2010:

  • 2010: 4,68%
  • 2011: -11,48%
  • 2012: 42,63%
  • 2013: -15,63%
  • 2014: -7,65%
  • 2015: -31,27%
  • 2016: 55,24%
  • 2017: 45,03%
  • 2018: 10,03%
  • 2019: 41,55%.

Até outubro de 2020, conforme dados divulgados pela gestora, o fundo apresentava rentabilidade de -9,2%. 

Gostou de conhecer mais sobre a gestão e estratégia do fundo FAMA FIC FIA? Aproveite as informações deste post na sua tomada de decisão. 

Se você gostou do artigo, comente e compartilhe com seus amigos. Leia também outros conteúdos do nosso blog sobre fundos de ações:

Trópico Value

Real Investor

Fundos Alaska

Fundo Equitas Selection

Fundo Moat Capital

Fundo Kadima Equities

Fundo Tarpon GT

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *