Fundo Equitas Selection FIC FIA: como é a gestão do fundo

Gustavo Heldt

O Fundo Equitas Selection FIC FIA é o carro-chefe da gestora independente Equitas, que vem se destacando entre os fundos de renda variável.

Sua carteira é composta por ações de empresas sólidas da bolsa brasileira, que são selecionadas por seu potencial de valorização em longo prazo, resiliência nas crises e vantagem competitiva no setor de atuação. 

Por esse motivo, o fundo é indicado para investidores mais arrojados e com horizonte entre 3 e 5 anos, que sabem lidar com as oscilações em curto prazo para ganhar lá na frente.

Se você se encaixa nesse perfil ou tem interesse na estratégia, continue lendo para saber tudo sobre o Fundo Equitas Selection e os diferenciais de sua gestão.

Origem do Fundo Equitas Selection FIC FIA

O Fundo Equitas Selection FIC FIA é um fundo de investimento em ações aberto em julho de 2010, quatro anos após a fundação da casa de investimentos Equitas. 

A empresa começou na área de fusões e aquisições em 2003, liderada por Luis Felipe Amaral, e se tornou gestora de renda variável em 2006. 

Desde o início, sua estratégia é selecionar ações de empresas bem posicionadas em seu setor e com potencial de valorização em médio e longo prazo (de 3 a 5 anos). 

Esse objetivo foi cumprido com o Fundo Equitas Selection FIC FIA, que se tornou um case de sucesso da empresa com sua carteira composta por companhias sólidas. 

Prova disso é que o fundo conquistou o primeiro lugar no ranking dos 17 fundos que superaram a Ibovespa por três anos consecutivos, segundo dados da Economática publicados em 2020 na InfoMoney.

Gestão do Fundo Equitas Selection 

O Fundo Equitas Selection é gerenciado pelo próprio fundador Luis Felipe Amaral, que possui uma longa trajetória no mercado financeiro e conta com o apoio de um time de analistas qualificados. 

Ele possui MBA pela Universidade de Chicago e já passou por empresas como Lehman Brothers, Tecnisa S/A e Accenture, atuando como analista e consultor de investimentos. 

Sua filosofia de investimento parte da análise fundamentalista, que busca empresas sólidas com retornos consistentes em longo prazo.

Além disso, a gestão do Fundo Equitas Selection também se baseia no controle de riscos e proteção do capital

Uma das características da gestão do fundo é buscar oportunidades que nem sempre são compreendidas pelo mercado, com base em análises profundas dos setores, dinâmicas e diferenciais competitivos das empresas.

Para investir, é preciso desembolsar no mínimo R$ 5 mil, com liquidez D+30 e taxa de administração de 2% a.a. (+ taxa de performance de 20% sobre o excedente do Ibovespa).

Estratégia do Fundo Equitas Selection 

A estratégia do Fundo Equitas Selection é buscar rentabilidade real maior do que o custo de oportunidade local, com um horizonte de investimento de 3 a 5 anos e o Ibovespa como benchmark.

Sua carteira possui entre 15 e 20 ações na ponta comprada, e ainda há espaço para alocar uma parcela menor do patrimônio em posições vendidas em ações e ativos internacionais (ou seja, também investe na baixa de papéis). 

O objetivo de retorno é entre 20 e 25% a.a., e a volatilidade entre 15 e 18% a.a., e a composição da carteira é baseada em um processo de análise fundamentalista e extensa pesquisa proprietária.

Estes são alguns princípios da Equitas que guiam a estratégia do fundo:

  • Priorização de controle de riscos: a prioridade é evitar a perda de capital permanente dentro do fundo (diferente de oscilações no curto prazo)
  • Foco em círculo de competência: foco da análise em entender companhias e suas dinâmicas
  • Extensa pesquisa proprietária: estratégia baseada em informações aprofundadas sobre empresas, seu ambiente e vantagens competitivas, focando no potencial de valorização e resiliência em períodos de crise
  • Foco em valor intrínseco no longo prazo: foco na capacidade de geração de valor das companhias no horizonte de 3 a 5 anos
  • Assimetria positiva: priorização de companhias mais resilientes e consistentes dentro de cada setor, em comparação com a concorrência.

Por isso, o Fundo Equitas Selection é indicado para investidores arrojados que querem se posicionar para o longo prazo e ter um portfólio diversificado com grandes empresas.

Rentabilidade do Fundo Equitas Selection 

Em relação à rentabilidade, o Fundo Equitas Selection se destaca pelo acumulado de 409% desde a sua abertura, contra 41% da Ibovespa no mesmo período, conforme dados de 31 de maio de 2020 divulgados no site da Equitas.

Confira o desempenho do fundo nos últimos anos:

  • 2019: 59.88%
  • 2018: 25,85%
  • 2017: 39,08%
  • 2016: 40,39%
  • 2015: -11,20%
  • 2014: -3,27%
  • 2013: 0,58%
  • 2012: 64,34%
  • 2011: 1,70%
  • 2010: 36,11%.

Veja também a performance em três janelas temporais recentes, de 12, 24 e 36 meses:

12 meses

Considerando a apuração em 7 de julho de 2020 da Anbima, o Fundo Equitas Selection teve rentabilidade negativa de -4,88% nos últimos 12 meses.

Esse resultado se deve, principalmente, à crise do coronavírus e seu impacto na bolsa de valores.

24 meses

Nos últimos 24 meses a contar da data de referência, o fundo apresentou rentabilidade acumulada de 61,02%.

36 meses

Nos últimos 36 meses a contar da data de referência, o fundo apresentou rentabilidade acumulada de 79,99%

Gostou de conhecer melhor o Fundo Equitas Selection e sua gestão? Então, use essas informações para investir melhor e aproveite para compartilhar o texto nas suas redes sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *