fbpx
INVESTIMENTO EM FUNDOS (400 x 200 px)

Fundo BTG Tactical Bonds Pré: o que é, gestão e rentabilidade

Quer entender melhor como funciona o fundo BTG Tactical Bonds Pré e se esse tipo de veículo faz sentido para o seu perfil?

Esse é um excelente sinal.

Demonstra que você está ligado em novos produtos e serviços das assets e busca uma renda fixa mais sofisticada, inclusive com exposição internacional.

Para tirar suas dúvidas, preparei um pequeno texto. Siga a leitura para conhecer o fundo BTG Tactical Bonds Pré.

O que é o BTG Tactical Bonds Pré

O BTG Tactical Bonds Pré é um fundo multimercado de crédito privado classificado pela Anbima como “Investimento no Exterior”. 

Seu propósito é adquirir títulos de renda fixa emitidos majoritariamente por empresas latino americanas, embora possa alocar também em outras classes de ativos e derivativos.

Destinado a investidores qualificados, é um produto recente, cuja primeira emissão de cotas ocorreu em meados de 2022. 

Diferentemente dos fundos abertos, em que o cotista pode entrar e sair, o BTG Tactical Bonds Pré é um fundo fechado e com prazo de encerramento: 31 de dezembro de 2028. 

Como não é negociado na bolsa de valores ou no mercado de balcão organizado, o investidor só pode sair por ocasião da liquidação do fundo. 

Até há possibilidade de venda de cotas a terceiros, mas sob o risco de liquidez, o que faz do BTG Tactical Bonds Pré um produto inapropriado para objetivos de curto prazo.

O que faz o fundo BTG Tactical Bonds Pré

O principal objetivo do BTG Tactical Bonds Pré é investir em bonds (títulos de dívida) prefixados de empresas latino americanas (LatAm) com boa qualidade de crédito. 

O racional da gestão se baseia na tese de que há uma ótima janela de oportunidades a ser explorada no segmento de crédito offshore (fora do território brasileiro), incluindo empresas locais que captam recursos no exterior.

Considerando os principais índices de Bonds LatAm, os spreads encontram-se em níveis atraentes, principalmente se comparados ao mercado local.

No caso das empresas nacionais que buscam recursos externos via títulos de dívida, as taxas exigidas pelos investidores estrangeiros são consideravelmente maiores do que as praticadas por aqui em função da percepção de risco em relação ao Brasil.

Pode-se dizer que os investidores internacionais não conhecem as empresas brasileiras tão bem quanto os investidores locais, por isso exigem prêmio de risco maior.

Ciente de que o retorno lá fora está mais atrativo, o BTG Tactical Bonds Pré visa, então, capturar esse “ganho extra” por meio de um portfólio diversificado, que inclui empresas nacionais e de outros países latinos.

Por se tratar de investimento no exterior, o BTG Tactical Bonds Pré também usará swap de dólar para real, derivativo que troca os componentes de remuneração, como estratégia de hedge cambial.

Ativos-alvo do BTG Tactical Bonds Pré

Considerando os diferentes setores da economia, a carteira teórica do fundo é distribuída entre:

  • Industrial: 27,50%
  • Oil & Gas: 22,50%
  • TMT: 10,00%
  • Utilities: 12,50%
  • Consumer: 12,50%
  • Financial: 10,00%
  • Diversified: 2,50%
  • Metals & Mining: 2,50%.

Considerando a divisão por país, a carteira teórica do BTG Tactical Bonds Pré se divide em:

  • Brasil: 50,00%
  • México: 27,50%
  • Colômbia: 20,00%
  • Peru: 2,50%.

Na simulação acima, são 17 emissores no total, com rating médio global BB- e duration de 3,5 anos. 

Como este artigo foi escrito antes da alocação total dos recursos pela gestão do fundo, as informações têm como base o material de divulgação do BTG Tactical Bonds Pré.

Projeção de rentabilidade do fundo BTG Tactical Bonds Pré

O BTG Tactical Bonds Pré é um produto recém-lançado, portanto, ainda sem histórico de performance. 

Contudo, considerando os ativos-alvo, a expectativa da gestão é de que a rentabilidade anual seja de 17% a 18%, superior, portanto, à média da renda fixa prefixada local. 

Importante ressaltar que a rentabilidade alvo apresentada é uma estimativa e não representa uma promessa ou garantia de investimento. 

Quanto à volatilidade, os papéis serão marcados na curva e não a mercado, como ocorre, por exemplo, com os títulos públicos.

A marcação na curva basicamente atualiza os valores dos títulos com base na rentabilidade contratada, reduzindo a oscilação da cota diária.

Distribuição de rendimentos do BTG Tactical Bonds Pré

Se por um lado o BTG Tactical Bonds Pré é fechado, ou seja, não permite o resgate das cotas, por outro será um fundo com característica de “renda passiva”. 

Ao longo do prazo de vigência, tanto a amortização quanto os cupons de juros serão distribuídos quinzenalmente. 

A “auto-amortização” não dependerá de aprovação em assembleia e pode haver picos de distribuição em determinados meses, como junho de 2024, dezembro de 2025, junho de 2026 e junho de 2028.

Gestão do fundo BTG Tactical Bonds Pré

Gerido pelo BTG Pactual Asset Management, o BTG Tactical Bonds Pré conta um time de gestores qualificados e com vasta experiência de mercado.

Na equipe responsável pela estratégia de crédito do BTG há nomes, como:

  • Eduardo Arraes: Head Portfolio Manager e sócio de crédito privado do BTG
  • Benjamin Rojas: Gestor de portfólio e responsável pela área de empresas LatAm ex-Brasil desde 2015
  • Patrik Uram: Analista Offshore responsável pela cobertura dos bonds de empresas brasileiras desde 2019.
  • Luis Bolfoni: Portfolio Manager
  • Guilherme Mattioli: Portfolio Manager
  • Henrique Mariani: Analista
  • Lucas Seabra: Analista
  • Bruna Bernardes: Analista
  • Francisco Mohr: Head Portfolio Manager
  • Diego Spinoza: Analista.

Somente no Brasil, o BTG Pactual Asset Management possui 373 funcionários dedicados a fundos de renda fixa e variável (LatAm Juros & Moedas, LatAm Crédito e LatAm Ações).

Como investir em fundos do BTG

O BTG Tactical Bonds Pré é um fundo multimercado fechado, com chamada única de capital, e destinado a investidores qualificados que são clientes do conglomerado BTG. 

Como não há possibilidade de entrar e sair do investimento como nos fundos abertos, a única maneira de participar é por meio da subscrição de cotas por ocasião das emissões.

Se não foi o seu caso, não se preocupe. 

O BTG Pactual tem uma prateleira extensa de fundos de investimentos de diversos emissores e com variadas teses de investimentos para você diversificar o seu portfólio. 

Alguns produtos são exclusivos, então a única maneira de acessá-los é abrindo uma conta com a gente

A DOC Investimentos, escritório do qual sou sócio e assessor de investimentos, é parceira do BTG Pactual.

Nosso trabalho é ajudar você a estruturar uma carteira de investimentos personalizada, alinhada ao seu perfil e objetivos, visando à melhor relação risco-retorno

Aqui na DOC Investimentos, você não será visto apenas como um número. Conte comigo para ajudá-lo na seleção dos melhores ativos, tanto no Brasil quanto no exterior.


Lembre-se: rentabilidade passada não é garantia de retorno futuro. O desempenho dos fundos é líquido de taxas, mas não de impostos. O conteúdo deste blog tem o objetivo de educação financeira. Não tome decisões baseadas unicamente neste ou em qualquer texto. Faça a lição de casa, estude, questione, investigue e dê valor ao seu dinheiro.

Gustavo Heldt

Gustavo Heldt

Consultor associado da TRAAD Wiser Investor. Especialista em Investimentos e Finanças.

Me segue lá no Instagram 🙂

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Envie suas dúvidas :)